Amigos do Papai Noel preparam um Natal com mais de 10 mil brinquedos para a alegria da criançada

presentes

Os Amigos do Papai Noel se organizam para seu 16º ano de trabalho. Ao longo dos últimos 15 anos, mais de 150.000 foram beneficiadas em mais de 600 comunidades. O desafio do grupo é chegar onde campanhas tradicionais não costumam ir, utilizando-se dos mais diversos meios de transporte (barcos, ônibus, carros). Podem não ser números muito expressivos para muitos, mas para o grupo, efetivamente é sinônimo de sucesso. A campanha diferencia-se de uma entrega de presentes convencional. A preocupação dos voluntários é realizar uma festa de Natal nas comunidades, onde na maioria dos casos, é a única que estas crianças terão.

Em cada presente, além do brinquedo, acompanha também um livro infantil, que o grupo considera tão importante quanto o próprio brinquedo, pois na maioria dos casos, as comunidades não possuem bibliotecas e as crianças não tem acesso a livros fundamentais para sua formação. Assim, entende o grupo que os kits de brinquedos e livros cumprem um papel fundamental de resgate à infância nestas localidades cuja realidade é extremamente difícil para as crianças.

A meta para o Natal de 2014 é fazer a alegria de 10.000 crianças. Entretanto, apesar da intensa campanha, devido ao tamanho das doações não acompanharem o ritmo do crescimento dos custos, o grupo está bem longe desta meta. Além disso, por ser um ano político, as doações normalmente reduzem.

Os Amigos do Papai Noel não possuem vínculo político, religioso ou econômico. Se trata apenas de um grupo de sociedade civil organizada, que decidiu fazer algo em prol do próximo, demonstrando que qualquer pessoa pode fazer algo, por mais simples que seja. Basta querer.

Entendemos que o brinquedo, muitas vezes considerado supérfluo, é um instrumento importante de resgate à essência da infância, principalmente em localidades onde ela é abreviada em função das necessidades de subsistência econômica familiar.

Participar das fases operacionais da campanha dos Amigos do Papai Noel é uma experiência única, que inexoravelmente marca na vida de qualquer pessoa que acredita que um mundo melhor é possível e que isso depende de suas ações.

Então, esta campanha reuniu várias pessoas que acreditam nisso. Somos Amigos do Papai Noel, que, quando estamos de folga deste trabalho, somos administradores, advogados, economistas, engenheiros, professores comerciantes, estudantes etc, mas que, sobretudo, SOMOS AMIGOS!

ETAPAS DE TRABALHO

I – DURANTE O ANO

O trabalho dos Amigos do Papai Noel começa pouco tempo depois de concluída a campanha. São contatos com voluntários que irão ajudar financeiramente, através de contribuições mensais e eventos com o propósito de arrecadar recursos. Durante o ano, são pelo menos 2 grandes eventos, além de iniciativas particulares, como o caso de um professor universitário que promove uma gincana com seus alunos e consegue angariar fundos.

II – NOVEMBRO

No mês de novembro iniciam-se as fases operacionais da campanha. A equipe responsável pelo setor financeiro começa a cotar e comprar os brinquedos. A campanha conta com alguns parceiros que ajudam com o material de apoio (etiquetas, sacos de presente, material impresso, bebidas para voluntários, etc), de modo que quase a totalidade do recurso arrecadado durante o ano é destinado a brinquedos. São brinquedos simples (carrinhos de plásticos, bonecas, etc), de modo que a campanha busca o maior quantitativo possível. A equipe responsável pela logística começa a visitar as comunidades possíveis de receberem a campanha e estabelecer as parcerias. Até o fim do mês, todas as comunidades a serem beneficiadas pela campanha são definidas e os brinquedos são comprados quase a totalidade. O grupo leva muito a sério o compromisso com as comunidades. Uma vez definido o quantitativo de crianças, as comunidades recebem previamente senhas na mesma quantidade. A responsabilidade de entrega das senhas para as crianças é da comunidade, bem como a organização local para receber os Amigos do Papai Noel. O grupo responsabiliza-se em levar brinquedos na quantidade de senhas, com certa margem de segurança, afinal, ninguém resiste ao choro de uma criança sem senha.

III – DEZEMBRO

07/12 – Fábrica dos Sonhos
Tradicionalmente, o Feriado imprensado de Nossa Senhora da Conceição é escolhido para início dos trabalhos da “Fábrica de Sonhos”, local onde os brinquedos são embalados pelos voluntários. Cada ano, um local é cedido por alguma empresa para ser a fábrica do Papai Noel, onde em um ambiente de alegria familiar e fraternal, os voluntários juntam em um “kit mágico” um brinquedo, uma guloseima, um livro infantil e muito amor, embalados em papel de presente.

Apesar do clima, não nos iludamos: é muuuuito trabalho!
Os brinquedos são organizados por gênero(meninos, meninas e bêbes) e contados, conforme as rotas de entrega.

Local: depósito da empresa ALIANÇA – Rua Felismino Soares, 167, Colônia Oliveira Machado

CALENDÁRIO DE ENTREGAS:

14/12 – Ramal Água Branca – AM 010 – Km 32, mais 8 Km de estrada de terra – 250 crianças. Rota de inauguração da temporada 2015

22/12 – Entrega no GACC. 50 crianças. Essa é uma entrega especial, a única instituição efetiva a ser beneficiada pelos amigos do Papai Noel: Grupo de Apoio à Criança com Câncer

20/12 – ROTA DE BARCO – 1500 crianças
Antes do sol nascer, estaremos embarcando em algum porto de Manaus, junto com nossa carga preciosa, voluntários e muita solidariedade. Estaremos atravessando o Encontro das águas rumo ao nosso destino: comunidades ribeirinhas do Rio Amazonas. Esta é a rota mais característica de nossa campanha, pois dificilmente se ouve dizer que Papai Noel chega de barco. Além disso, dado ao isolamento, são os lugares onde a receptividade das crianças normalmente é maior. Muitas vezes, percebe-se que a criança está usando a sua melhor roupa para esperar o Papai Noel e seus amigos.
Comunidades: São José, Divino, Menino Jesus e Catalão

21/12 – MANAQUIRI/ PURU-PURU – 1.200 crianças
Manaquiri, Puru-puru e Autazes – Comunidades rurais da BR-319, onde bem cedo o grupo irá embarcar em ônibus próprio, junto com o Noelmóvel e o caminhão de brinquedo. Atravessaremos o Rio Amazonas de balsa e seguiremos por 100km de Estrada principal, além de 50 km de estrada secundária.

24/12 e 25/12 – 4.000 brinquedos
A véspera e dia de Natal são dedicados as crianças das comunidades carentes da periferia de Manaus. Geralmente, esta rota é feita nos próprios carros, formando uma caravana da alegria por onde passa.