Amor pelo AM é prometer e cumprir

O amor pelo Amazonas será expressado com ação, com obras concluídas! É o que afirma o candidato ao governo pela coligação “União pelo Amazonas”, Eduardo Braga. “Essa é a diferença entre o meu governo e dos meus adversários. Não deixo nada pela metade, pelo meio do caminho!”

Eduardo ressalta que quando assumiu o governo em 2003, deparou-se com Caics (Centros de Atenção Integral Criança), entregues por Amazonino Mendes, oferecendo apenas atendimento básico. “Não demorou muito para minha equipe dotar as unidades de equipamentos e serviços especializados para atender as reais demandas”.

E em 2016, o candidato recorda que o governador cassado anunciou o fechamento de unidades de atendimento como os Caics e Caimis (Centro de Atenção Integral à Melhor Idade), alegando que serviços básicos de saúde seriam responsabilidade do município.

Ficariam somente a cargo do governo as policlínicas, os SPAs (Serviços de Pronto-atendimento) e prontos-socorros. Mas isso acabou não acontecendo porque a repercussão foi muito negativa, a população reagiu e voltaram atrás nessa ideia, relembra Eduardo.

“Eu prometo e faço!”, afirma o candidato, indagando como poderia passar todos os dias diante do palácio Rio Negro, por exemplo, ver as pessoas vivendo no alagado e não fazer nada? “Isso é amor? Amor por Manaus é dar moradia digna, retirar a população de dentro dos igarapés. E foi isso o que fizemos com o Prosamim (Programa Socioambiental dos Igarapés de Manaus)!”

“O que eu não gostaria de ver repetido é o abuso de poder que presenciamos em 2014 e resultou na cassação do José Melo. Ele foi cassado pela forma abusiva com que usou a máquina pública”, afirma Eduardo, enumerando seus feitos enquanto governador e criticando o abandono de suas obras por seus sucessores.

Foto: Divulgação

Assessoria de Comunicação

Esta matéria é de total responsabilidade do candidato