Anac autoriza Latam a voar com número reduzido de comissários

GETTY IMAGES

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aceitou o pedido da companhia aérea Latam para voar com menos comissários de bordo nos aviões. A solicitação é uma resposta ao aumento de casos de Covid-19 e influenza A, que provocou o afastamento de boa parte da tripulação e cancelamento em massa de voos nos últimos dias.

O aval já havia sido concedido às aéreas Azul e Gol, nos dias 12 e 17 de janeiro, respectivamente. As três empresas juntas representam 98,2% do mercado de voos domésticos brasileiros, de acordo com os dados mais recentes divulgados pela agência.

A medida, que permite uma equipe de três profissionais em vez de quatro, obriga que as empresa limite o total de passageiros para 150 em aviões com 186 assentos, por exemplo.

A condição para que os voos ocorram é manter o máximo de 50 passageiros por comissário. No caso de aeronaves como a Airbus A321, da Latam, que tem capacidade para 198 passageiros, a companhia poderá acomodar até 150, com o auxílio de três funcionários.