Andrelina Brilli Alves Garrido

De acordo com o companheiro dela, Roberto Bolívar, a mulher estava em um ônibus que saiu da Venezuela com destino a Manaus. No dia em que ela desapareceu, desembarcou na capital por volta das 8h, no Terminal Rodoviário Engenheiro Huascar Angelim, também chamado de Rodoviária de Manaus, no bairro Flores, zona centro-sul da capital. Desde então Roberto não teve mais notícias sobre Andrelina.

Quem puder colaborar com informações sobre o caso, entrar em contato com os servidores da Deops pelo número: (92) 3214-2268. Para falar com Roberto, ligar para o número: (92) 98823-4837.

A Deops está situada nas dependências da Delegacia Geral, localizada na avenida Pedro Teixeira, nº 180, bairro Dom Pedro, em frente ao Centro de Convenções (Sambódromo), zona centro-oeste da cidade.