Anúncio Advertisement

Anitta terá 11 colaborações em novo álbum, incluindo Alesso, Snoop Dogg e Caetano

Anitta, 26, divulgou neste domingo (31) a lista completa de todas as colaborações que terá em seu novo álbum, “Kisses”. O projeto de dez faixas é aguardado desde que a cantora anunciou sua data de lançamento -dia 5 de abril, nesta sexta-feira.

Becky G, Ludmilla, Snoop Dogg, Papatinho, DJ Luian, Mambo Kingz, Swae Lee, Chris Marsh, Alesso, Prince Royce e Caetano Veloso são os nomes que cantarão junto a Anitta em “Kisses”.
“O aniversário é meu mas o presente é pra vocês”, disse Anitta ao anunciar as parcerias através de um vídeo no Instagram. “Agradeço do fundo do meu coração a cada um dos artistas que aceitaram embarcar nessa minha nova aventura. Respeito, admiro e agora amo vocês e o trabalho de cada um de você com a maior força, alguns deles nunca imaginei que um dia saberiam da minha existência. Estou vivendo um sonho há meses, de muito trabalho duro, mas, ainda assim, um sonho.”

O projeto é um dos mais ousados da carreira de Anitta, que tem sido foco da mídia nos últimos dias. A sua biografia não autorizada, “Furacão Anitta”, escrita pelo jornalista Leo Dias, chegou às lojas no sábado (30) e revelou segredos e detalhes da vida da cantora.

Um dos mais intrigantes é o de que Anitta já teria tudo planejado para deixar os palcos em 2023, quando chegará aos 30 anos, e a música “Show das Poderosas” completa uma década.
Segundo Dias, esta decisão é planejada desde o início de sua trajetória artística. “Ela não quer ser refém da fama”, escreve ele. A ideia de Anitta é construir um legado agora para, em um futuro próximo, poder se dedicar à família e aos futuros filhos.

Para isso, ela já começou a investir em outras frentes de trabalho. A principal, segundo o biógrafo, é trabalhar como palestrante e consultora. Atualmente, ela já cobra R$ 150 mil para falar em empresas, preço que pode ficar mais caro se for um bate-papo com funcionários. E também já tem atuado como consultora de artistas iniciantes ou que estão em crise. Os sertanejos Gustavo Mioto e Matheus e Kauan já teriam contratado os serviços de Anitta.

“A vida é um ciclo. Uma hora eu vou cair. Isso é certo. E, nessa hora, não quero ninguém esperando de mim o contrário. Sabe o Pelé? Você viu o Pelé decair? Ninguém viu. Ele foi rei. Ele brilhou. E tchau. Deu lugar para outro. É isso. Depois de mim, virá outra. Não tem por que eu ficar disputando com essa outra. Não vou ganhar nunca essa disputa. É fisicamente impossível…”, diz a cantora no livro.

A cantora também já comentou em seus stories que leu trechos do livro e que ficou emocionada. “Dos poucos trechos que eu li, está melhor do que eu imaginava. Vi o início e me emocionou bastante”, comentou em Stories do seu Instagram. Anitta também fez questão de ressaltar que “não tem nada a ver com o livro”, mas que chegou a pedir para ler alguns trechos antes da publicação.

“Algumas partes eu já tinha visto, porque queria dar a minha versão dos fatos”, afirmou. “Furacão Anitta” apresenta, em sua maioria, visões positivas da trajetória da cantora.
A artista disse que sempre respeitou o trabalho da imprensa e que é “estrategista e marqueteira”. Por isso, não se opôs ao projeto de Dias nem proibiu que pessoas próximas a ela conversassem com o jornalista. “Ele me perguntava as coisas que descobria, e eu dava a minha visão”.