Aniversário de 351 de Manaus é comemorado com programação em espaços culturais

Foto: Michael Dantas

Neste sábado (24) Manaus comemora 351 anos e para celebrar esta data, conta com uma programação que compõem, exposições, palestra, concerto e um novo roteiro em Libras do Teatro Amazonas, serão os destaques em homenagem à capital amazonense.

Na Galeria do Largo, localizada no Largo de São Sebastião no Centro de Manaus, acontecerá a partir das 15h, a abertura da mostra “Mitos da Amazônia – o guaraná e os Muras”, do artista parintinense Levi Gama, roteiro de Rafa Pimentel e apresentação de Romahs Mascarenhas com 22 imagens, o autor traz a história das tribos Mawé e Mura.

A mostra cultural funcionará das 15h às 20h, de terça a domingo. Não será necessário fazer agendamento prévio para o espaço, no entanto as visitas são feitas com grupos de até dez pessoas para atender aos protocolos de segurança.

Na plataforma digital, tem inauguração da mostra “Cidade de Manaus: Relações Estéticas do Cotidiano”, dos alunos do Núcleo de Artes Visuais do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro, com orientação do professor Francisco D’ Almeida. O público vai poder conferir o resultado do trabalho a partir de experiências e lugares afetivos dos estudantes nas redes sociais do Liceu, com álbum da exposição virtual no Facebook e minidocumentário sobre o processo criativo no Instagram, além de publicações interativas como minitutoriais.

Palestra

No Palacete Provincial, na Praça Heliodoro Balbi, no Centro, vai acontecer a palestra “Proto História de Manaus: uma abordagem arqueológica”, que será ministrada pelo arqueólogo, especialista em Perícia Criminal e Segurança Pública e pesquisador, Mick Jone Nogueira de Almeida.

A apresentação vai acontecer no Museu de Arqueologia, em dois horários, 11h e 14h, com limite para 15 pessoas e agendamento realizado pelo Portal da Cultura (cultura.am.gov.br).

Teatro Amazonas

No maior patrimônio histórico de Manaus, acontecerá o lançamento do vídeo de roteiro da casa com tradução em Libras. A gravação para oferecer acessibilidade aconteceu nas áreas mais importantes do Teatro Amazonas, como a cúpula, salão de espetáculos e Salão Nobre, e ficará disponível durante as visitas turísticas.

No Circuito do Largo de São Sebastião, o Teatro Amazonas tem visitação turística das 9h às 15h, de terça a sábado. Todas as atividades funcionam no sistema de agendamento on-line, no Portal da Cultura, por conta da capacidade reduzida em prevenção à Covid-19.

Cada etapa da visita tem entre três e cinco minutos, com exceção do Salão de Espetáculos, com o tempo previsto de nove minutos.

Concerto

Ainda no sábado, a partir das 20h, a Amazonas Filarmônica apresenta o espetáculo “Quartetos com Piano”, numa homenagem ao aniversário de Manaus.

Divididos em dois grupos, sobem ao palco do Teatro Amazonas os músicos Irina Kazak (piano), Bárbara Soares (violino), Rani Mello (viola), Eliziel Lourenço dos Santos (violoncelo), Renan Branco (piano), Giovanny Conte (violino), Rossini Rocha (viola) e Anna Samokish (violoncelo) para executar obras de Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) e Henrique Oswald (1852-1931).

Visitação 

As visitações no centros culturais funcionaram Palácio Rio Negro e Palácio da Justiça, localizados na avenida Eduardo Ribeiro nº 901 no Centro e o Centro Cultural Povos da Amazônia na Praça Francisco Pereira da Silva, no Distrito Industrial, além do Museu Seringal Vila do Paraíso, na área rural de Manaus, funcionaram das 9h às 15h.

O acesso para o Museu do Seringal é feito pela Marina do Davi, no final da Estrada da Ponta Negra. A travessia é feita pela Acamdaf (92) 3658-6159, que cobra R$ 14 por cada trecho. O espaço tem uma entrada de R$ 10.

(*) Informações Assessoria