No aniversário de Coari Prefeitura paga show musical que custa meio milhão, mas não pagou salários dos servidores

niver coari

niver coari 2É só ir no Google e acessar o site top10mais.com para ficar sabendo quais são os dez shows mais caros do Brasil. Em 9° lugar, como o segundo show mais caro do Brasil, perdendo apenas para Roberto Carlos que cobra R$ 1 milhão, está a dupla Jorge e Mateus, que se apresentará no município de Coari, na noite deste sábado (02), no dia do aniversário de 82 anos da cidade. A contratação do show por parte da Prefeitura de Coari não foi publicada em Diário Oficial, como determinam as normais legais da administração pública – como sempre ocorre em Coari a Prefeitura publica o que quer, e quando quer, e o Ministério Público não faz nada.

Mas, fontes do Radar ligadas a Prefeitura de Coari dizem que o valor pago pelo show da dupla Jorge e Mateus ainda foi maior do que os R$ 500 mil que a dupla cobra normalmente. O valor teria ficado em R$ 750 mil – como sempre também ocorre em Coari o valor das compras e serviços sempre está acima do preço de mercado e o Ministério Público continua não fazendo nada. Por outro lado, os servidores da Prefeitura de Coari estão comemorando o aniversário da cidade sem um centavo no bolso, porque ainda não receberam os salários do mês passado. Quem sabe por isso, nos dois primeiros dias de festa em comemoração aos 82 anos de existência do município de Coari, que começou na quinta-feira passada (31), tenha dado tão pouco público mesmo com as diversas atrações musicais que fizeram parte da programação (foto). E os custos dessas outras atrações pagas com dinheiro do município de Coari não se tem conhecimento, mas somados aos gastos com o show de Jorge e Mateus só aumentam a conta da chamada Festa da Cidade, onde só os funcionários públicos não tiveram direito a receber nada.

E o Radar ainda descobriu que quem foi o responsável pela organização da festa de aniversário de Coari, inclusive pela contratação de shows, foi ninguém menos que Rildo Lessa, irmão do secretário de Administração do município, João Luis Ferreira Lessa que na atual administração de Coari, já foi secretário de saúde, e também chefe da representação de Coari em Manaus, mudando de cargo conforme os interesses do prefeito Adail Pinheiro, que está preso mais continua mandando em Coari. João Luiz Ferreira Lessa foi preso durante a Operação Vorax junto com Adail Pinheiro e outros secretários sob a acusação de fraude em licitação e desvio de recursos federais da Prefeitura de Coari. (Any Margareth)