Antecipação do 13º de servidores injetará R$ 64 milhões na economia local

Foto: Alex Pazuello

O pagamento antecipado do 13º salário dos servidores ativos e inativos da Prefeitura de Manaus, vai injetar R$ 64 milhões na economia da cidade. O valor será depositado nas suas contas bancárias nesta sexta-feira (8). O anúncio foi feito pelo prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, durante a abertura da Primeira 1ª Marcha de Vereadores do Amazonas, realizada nessa quinta-feira (7), na Câmara Municipal de Manaus, zona Oeste.

“Não é novidade na nossa gestão. Sempre antecipamos o 13º para o início de junho e já temos o dinheiro da segunda parcela, que será paga em dezembro, depositado. Com isso, garantimos que não haja atropelos, muito menos insegurança financeira aos nossos servidores, bem como aposentados e pensionistas”, disse Arthur Neto. “Eu trato essa questão dos servidores como sagrada”, finalizou.

Segundo o prefeito, com os recursos injetados na economia a expectativa é de um aquecimento, principalmente nos segmentos de serviço e comércio, com a proximidade de datas importantes, como as festas juninas, o Dia dos Namorados, o Festival Folclórico de Parintins e a Copa do Mundo de Futebol.

Atualmente são 33 mil servidores ativos na prefeitura, cuja folha chega a R$ 56 milhões, e 6.811 aposentados e pensionistas da Manaus Previdência, somando aproximadamente R$ 8 milhões.

Além da antecipação do 13º, o prefeito também anunciou que ainda em junho iniciará um grande programa de infraestrutura, para a recuperação de 2 mil ruas por mês, com previsão de chegar a 10 mil ruas, durante a execução do programa de Verão.