Anvisa aprova kit para diagnósticos de zika, dengue e chikungunya

mosquito-21-capa

A Fiocruz já pode produzir em grande escala o Kit Molecular ZDC, que permite diferenciar, de uma só vez, os diagnósticos de zika, dengue e chikungunya. O registro do kit foi obtido nesta quarta-feira (21). É o primeiro kit do gênero aprovado e liberado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). De acordo com o colunista Anselmo Góis, do jornal O Globo, a Fiocruz já estaria produzindo os primeiros lotes para o Sistema Único de Sáude (SUS).

Nesta segunda-feira (19), o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) anunciaram investimento de R$ 234 milhões em pesquisas nas áreas de ciência e tecnologia, incluindo estudos sobre o vírus zika.

Para as pesquisas voltadas para o combate ao Zika, as chamadas públicas somam R$ 27,5 milhões. Cinco convênios no valor de R$ 4,6 milhões foram assinados com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e seus institutos.

Fonte: Notícias ao Minuto