Ao menos 15 deputados trocam de sigla no 1º dia de janela partidária

Pelo menos 15 deputados trocaram de partido nessa quinta-feira (8),primeiro dia da janela partidária. Neste período do calendário político, deputados federais e estaduais podem mudar de legenda sem sofrer punição. O prazo para trocar de sigla vai até 6 de abril.

Segundo levantamento feito pelo G1, 8 dos deputados migraram para o PSL; 4, para o DEM; 1, para o PT; 1, para o PCdoB; e 1 para o Pros. Há expectativa que mais parlamentares sigam o mesmo caminho, já que a troca de legenda envolve questões como tempo de campanha na televisão e repasses ao partido.

Entre os nomes que fizeram as trocas, estão o de deputado Jair Bolsonaro, que deixou o PSC para ser pré-candidato à Presidência pelo PSL. O parlamentar levou o filho, Eduardo Bolsonaro, para a mesma sigla.

Confira a lista de deputados que trocaram de partido

Jair Bolsonaro (RJ) PSC — PSL

Eduardo Bolsonaro (SP) PSC– PSL

Delegado Waldir (GO) PR — PSL

Delegado Eder Mauro (PA) PSD — PSL

Delegado Francischini (PR) SD — PSL

Marcelo Álvaro Antonio (MG) PR — PSL

Carlos Manato (ES) SD — PSL

Major Olímpio (SP) SD — PSL

Laura Carneiro (RJ) sem partido — DEM

Heráclito Fortes (PI) PSB — DEM

João Paulo Kleinubing (SC) PSD — DEM

Sergio Zveiter (RJ) Pode — DEM

Celso Pansera (RJ) MDB — PT

Gilvaldo Vieira (ES) PT — PCdoB

André Amaral (PB) MDB — Pros