Ao menos 67% dos internados em UTI com Covid-19 no Amazonas não estão vacinados

Os dados apontam a importância da vacinação contra Covid-19

As Unidades de Terapia Intensiva (UTI) no Amazonas estão 67% ocupadas por pacientes não vacinados pela Covid-19, ou com vacinação incompleta. Os leitos clínicos estão ocupados por 54% de pacientes que também não tomaram a vacina. A informação foi divulgada pelo secretário de Saúde do Amazonas, Anoar Samad, em suas redes sociais.

“Então percebam que as pessoas não vacinadas complicam e necessitam de mais internações do que os vacinados. Lembre-se, a vacina é a única arma para combater esse vírus, vacinem-se!”, disse o secretário.

Cenário epidemiológico

O Amazonas registrou pelo segundo dia consecutivo mais de mil casos em 24h. Nessa quarta-feira (13), foram confirmados 1.659 novos casos de Covid-19. Além disso, houve o registro de 40 novas internações, o total de pacientes internados na capital é de 123.

Enquanto o número de internações estão subindo, a Prefeitura de Manaus tem causado aglomeração no Centro de Testagem no Studio 5. Durante o segundo dia de funcionamento, o Radar constatou nessa quinta-feira (13), que a cena de aglomeração continua se repetindo em um local fechado sem circulação de ar.

Padrão

Em outros estados do país, o padrão é o mesmo. Em São Paulo, mais de 80% dos pacientes internados por conta da Covid-19 não completaram o esquema vacinal. No Rio de Janeiro é ainda pior, o número de não vacinados que estão na internação com a doença chega a 90%.