Aos 83 anos, morre Delphina Aziz mãe do Senador Omar Aziz

Morreu na madrugada dessa sexta-feira (13), a mãe do senador Omar Aziz, em Manaus. Pelas redes sociais, Omar confirmou a morte nas primeiras horas de hoje e lamentou o ocorrido. “Com o coração apertado aqui, informo a todos os meus amigos o falecimento, hoje por volta de duas horas da madrugada, da minha guerreira mãe Delphina Aziz. O tempo de todos nós é de Deus. E só Ele pode nos amparar nessa hora”, lamentou.

No texto, Omar declarou que “Dona Delphina, como todos chamavam, foi uma guerreira do bem… Incapaz de dizer um não, incapaz de não estender a mão”. E se despediu “Daqui, te amaremos cada vez mais. Daqui continuaremos a contar com teu amor. Jamais estarás longe.”

 A ex-presidente da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais Antonio Menezes (Apae), morreu por volta das 2h desta sexta-feira (13), aos 83 anos. O velório está sendo velado na Funerária Almir Neves, Centro.

Dona Delphina, como era conhecida, deixou sua marca como presidente da  Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais Antonio Menezes (Apae). Pela importante colaboração à entidade foi reconhecida com homenagem na Câmara Municipal de Manaus, em novembro de 2007, com o Diploma de Mérito Cidade de Manaus, uma das mais altas comendas concedidas pela Casa.

Delphina também recebeu Moção de Aplauso na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) por suas importantes atividades sociais. O Hospital e Pronto-Socorro, na Zona Norte de Manaus leva o nome de Delphina, que esteve presente à inauguração da unidade hospitalar, há quatro anos.

O corpo de Delphina Aziz está sendo velado na Funerária Almir Neves, na Avenida Joaquim Nabuco, Centro da cidade.

Confira a nota do senador

Com o coração apertado aqui, informo a todos os meus amigos o falecimento, hoje por volta de duas horas da madrugada, da minha guerreira mãe Delphina Aziz.

O tempo de todos nós é de Deus. E só Ele pode nos amparar nessa hora.

Dona Delphina, como todos chamavam, foi uma guerreira do bem. Quem conheceu e quem não conheceu sabe da obra e da dedicação que sempre teve não apenas com a família, em especial os filhos, mas com todos que se aproximavam. Incapaz de dizer um não, incapaz de não estender a mão.

Seis filhos e um sem número de adotados pelo coração tiveram seu abraço, seu afago e aquele sorriso solidário que não tinha limites e não perguntava a quem.

Que essa tristeza a nos invadir agora seja superada com o tempo de Deus a nos guiar pelos mesmos caminhos, dia após dia. Tenho certeza de filho, é o que ela nos pede lá ao lado do Pai.

Seja abençoada minha mãe. Olhe por nós aí de cima. Olhe por aqueles que merecem e precisam dessa mão solidária de mãe. Mãe que fostes para tantas crianças que um dia encontrastes.

Daqui, te amaremos cada vez mais. Daqui continuaremos a contar com teu amor. Jamais estarás longe.

Tchau mamãe.