Aos 85 anos, Mauricio de Sousa é vacinado contra a Covid-19

Reprodução/Instagram

Mauricio de Sousa, 85, foi vacinado contra a Covid-19 nesta sexta-feira (12) em São Paulo. O criador da Turma da Mônica comemorou o fato nas redes sociais.

“Estou muito feliz!”, afirmou. “Cuido da minha saude e quem esta perto de mim. Fui vacinado no Centro de Saude de Pinheiros onde fomos recepcionado pela diretora tecnica Celia Regina Novais. A vacina foi aplicada pela tecnica de enfermagem Vera Moreira.”

“As vacinas salvam milhões de vidas todos os anos, mas infelizmente muita gente esta deixando de vacinar suas criancas”, lembrou. “Entao nao duvide. Nao vacile. Leve seus filhos para vacinar. Mantenha a caderneta em dia mesmo na pandemia. E quando a sua vez chegar, vacine-se!”

Mauricio se junta a um grupo de famosos com idade avançada que já receberam a imunização. Entre eles, estão Renato Aragão, 86, e Silvio Santos, 90, que foi vacinado na quarta-feira (10) contra a Covid-19. A informação foi divulgada por Rebeca Abravanel, uma das filhas dele, nas redes sociais.

“Vacinado!!!!!!!!!! Agradecendo muito a Deus por esse momento!”, escreveu ela na legenda da foto, que mostra o apresentador junto a enfermeiras em um posto de vacinação.

A publicação recebeu diversos comentários, inclusive de familiares. “Graças a Deus”, disse Silvia Abravanel, outra das filhas. O jogador Alexandre Pato, marido de Rebeca, escreveu: “Que demais!!!”.

Na terça-feira (9), foi a vez de Stenio Garcia tomar a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Ele foi imunizado dentro do carro em um posto de drive-thru no Rio de Janeiro. O momento foi registrado em vídeo por sua mulher, Marilene Saad, e compartilhado nos stories do Instagram.

No mesmo dia, o ator Ary Fontoura, 88, tomou a dose da imunização contra a Covid-19, no Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. Ele compartilhou um vídeo nas redes sociais tomando a vacina dentro do carro.

Fora do veículo, Fontoura comemorou que chegou a hora de tomar a vacina tão aguardada e defendeu a imunização dizendo: “Vacina sim”. A mesma frase escrita na camiseta que usava.

“O dia mais aguardado! Feliz, emocionado, esperançoso? Nem sei, tanta coisa junto. Boa terça a todos! Viva a ciência, Butantã e Fiocruz”, escreveu em seu perfil no Instagram seguido por 2,4 milhões de pessoas.

Antes de Fontoura, outros artistas também se imunizaram, defenderam a vacina e a ciência. No sábado (6), a atriz Laura Cardoso, 93, apareceu em uma foto que viralizou na web exibindo a carteirinha após ser imunizada no Rio de Janeiro. A artista disse que estava aliviada e que pretendia seguir orientações de autoridades médicas para continuar saudável.

“Voltar para casa, continuar a vida mais segura -apesar de ser a primeira dose- e continuar com os cuidados que o pessoal da saúde pede”, disse Cardoso ao Gshow. Após receber a primeira dose da vacina, a atriz fez um apelo para que as pessoas se cuidem nesse momento. “Pelo amor de Deus, sigam as recomendações médicas. Tomem a vacina!”

Na sexta-feira (5), o ator Lima Duarte, 90, foi vacinado em Indaiatuba, cidade onde mora no interior de São Paulo. Ele ator aproveitou a vacinação em sistema de drive-thru e postou o registro em seu Instagram com belo texto.

“Enfim, vacinado! Tantas coisas eu passei ao longo dos meus quase 91 anos. Batalhas pessoais e profissionais, período de ditadura e repressão, e o mais recente: o isolamento e a luta pela vida diante de um inimigo invisível aos nossos olhos. Uma pandemia que nos trouxe a incerteza do que aconteceria nos próximos dias e meses. Mas a ciência venceu!”, disse, brindando à esperança.

No mesmo dia, a cantora Elza Soares, 90, tomou a primeira dose da vacina contra Covid-19, em Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro, segurando a bandeira do Brasil.

“Com o coração cheio de esperanças, o braço pronto para receber a vacina em prevenção ao coronavírus, a bandeira do meu Brasil nas mãos, o pensamento em cada brasileiro que ainda aguarda sua vez chegar e sem furar a fila da vacinação”, escreveu a cantora, em seu perfil no Instagram.

A cantora defendeu a vacina dizendo que toda a população precisa ser imunizada porque merece o direito à vida. Ela comemorou o feito da ciência que, menos de um ano depois do decreto de pandemia pela OMS (Organização Mundial da Saúde), presenteou a todos com a vacina para uma doença que matou tanta gente. “A ciência venceu o medo, o negacionismo e a desinformação.”