Após corte de energia elétrica, Tropical Hotel suspende atividades

O Tropical Hotel Manaus, que é um dos estabelecimentos de hospedagem mais renomados da capital amazonense, teve suas atividades suspensas desde a manhã desta quinta-feira (16). A interrupção nos serviços é decorrente do corte de luz elétrica que a empresa Amazonas Energia determinou ao Tropical Hotel, na última sexta-feira (10) e ainda de uma dívida que chega a mais de 20 milhões com a distribuidora.

Além do corte na energia elétrica, a Amazonas Energia interrompeu toda a estrutura de ligação que havia com a rede distribuidora de energia da companhia.

Em setembro do ano passado, a Amazonas Energia incluiu o Tropical Hotel como um dos seus maiores devedores, com um débito que chega a ultrapassar R$ 20 milhões de reais. De acordo com a companhia elétrica, a última negociação com o hotel ocorreu em abril deste ano, quando a Amazonas Energia concedeu desconto de 60%, sobre o valor da dívida, que resulta no pagamento de R$ 8 milhões. No entanto, o acordo não foi cumprido.

Segundo a assessoria do Tropical Hotel, o estabelecimento continua aberto mas teve que paralisar temporariamente os serviços de hospedagem por conta das pendências com a empresa Amazonas Energia.

“A Amazonas Energia cortou a nossa luz, na última sexta-feira, apesar de já termos recorrido na justiça os valores que ela tem nos cobrado. Por conta disso, resolvemos paralisar o atendimento para readequar os serviços” informou a assessoria do Hotel.

Em nota, a distribuidora de energia informou que as diversas tentativas de negociação com o Tropical Hotel Manaus ocorrem há mais de 20 anos. E além disso, a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), autoriza a suspensão no fornecimento de energia para todas Distribuidoras de Energia do país, em caso de inadimplência.