Após parecer de legalidade, presidente da Assembleia instala CPI dos combustíveis

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), Josué Neto, instalou oficialmente nesta quinta-feira (28), a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigará a suposta prática de crimes contra o consumidor na venda de combustíveis no Amazonas. Josué afirmou que o pedido de instalação da Comissão atendeu todas os preceitos legais previstos no Regimento da Casa. “Como tínhamos falado anteriormente, o pedido estava sendo analisado de forma técnica, dentro do que está previsto no nosso Regimento. Hoje estamos oficialmente instaurando a CPI”, anunciou Josué Neto.

A CPI terá na presidência da comissão e na relatoria duas mulheres. A presidente é a deputada estadual Joana Darc (PR) e a relatora é a deputada Alessandra Campêlo. A informação foi anunciada pelo presidente da Casa, deputado Josué Neto (PSD) e confirmada pela parlamentar durante discurso.

Primeira mulher a presidir uma CPI na Assembleia, a republicana disse que conduzirá os 120 dias de trabalho do grupo com imparcialidade e transparência. “Estou comprometida em realizar um trabalho imparcial, transparente e focado em levar à sociedade um resultado efetivo. Temos que entender o que acontece na oscilação dos preços dos combustíveis, deixar claro para população todos os caminhos econômicos que esse combustível leva até que os preços cheguem aos postos”, ressaltou Joana.

Entre os objetos da CPI, está a possível existência de cartel entre os empresários do ramo e distribuidoras, a diferença dos preços praticados na capital e interior e a oscilação dos preços. Órgãos públicos e sociedade civil organizada devem ser convocados para participar dos trabalhos. “Também quero saber qual a qualidade do produto que está sendo ofertado. Terei ao meu lado nomes como o da deputada Alessandra Campêlo, que como relatora me auxiliará a convocar os diversos órgãos do Estado e sociedade civil organizada para, juntos, darmos ao amazonense todas as respostas necessárias”, destacou Joana.

São membros da CPI

  • Joana Darc (PR) — presidente
  • Alessandra Campêlo (MDB) — relatora
  • Álvaro Campelo (PP) — proponente
  • Abdala Fraxe (Podemos) — representante dos deputados antigos
  • Fausto Junior (PV) — representantes dos deputados novos.

Com informações da Diretoria de Comunicação da Aleam e assessoria de imprensa da deputada Joana Darc