Após Prefeitura de Manaus não solucionar problema, família desmonta guarda-roupa para fazer marombas (ver vídeo)

Foto: Radar Amazônico

Uma família moradora do Beco João de Castro, no bairro São Jorge, na zona Oeste de Manaus, precisou desmontar o guarda-roupas para construir marombas. A dona de casa Silvia Soares, de 56 anos, mora no local há mais de 20 anos, e a casa dela foi submersa pelas águas do Rio Negro que atingiu a marca histórica nesta terça-feira (1º). A dona de casa pede que a Prefeitura de Manaus forneça o Auxílio-aluguel e tome providências e a Defesa Civil construa pontes no local.

“Minhas coisas ainda estão dentro da casa, tudo de baixo d’água. Perdi minha cama, várias coisas. A Defesa Civil só disse que iria dar o rancho e as madeiras para fazer as pontes, mas até agora nada”, disse Silva Soares.

No dia 15 de maio, a reportagem do Radar esteve no local e cobriu uma manifestação de moradores que pediam a construção de pontes no local. No dia seguinte a Defesa Civil respondeu a demanda do Radar e construiu pontes no local, porém as novas pontes não contemplaram a rua toda e o serviço foi feito pela metade.

De acordo com a dona de casa, o marido dela está sem emprego e a família está sem nenhuma renda no momento. “Eles podiam está ajudando a gente aqui para comprar esteio, a gente tá sem trabalho”, disse a dona de casa bastante emocionada.

Uma outra moradora do local, contou ao Radar, que tirou as portas do guarda-roupas e do quarto para construir marombas e conseguir se locomover dentro da própria casa. “Nossa situação é essa aqui! Eu tive que tirar a porta do meu quarto para fazer maromba aqui dentro porque não tenho madeira. Eles tinham madeira mas falaram que não podiam porque já vinha contado para as pontes”, disse Daniela Soares.

A dona de casa explicou que o valor do auxílio aluguel de R$ 300 não supre todas as necessidades, mas que seria muito útil para comprar madeiras. Enquanto a ajuda da Prefeitura de Manaus não chega, a dona de casa se arrisca nas frágeis marombas feitas com a madeira de guarda-roupas.

O Radar entrou em contato com a Defesa Civil para questionar quando será realizada a construção de pontes no local, em resposta informou que as obras serão concluídas ainda nesta semana.