Após recomendação do MPAM, Prefeitura de Manaus decide cancelar sorteio de vagas em creches

Após o Ministério Público do Amazonas (MPAM) recomendar o cancelamento de sorteio para preenchimento de vagas em creches da Prefeitura de Manaus, o secretário municipal de Educação, Pauderney Avelino, recuou e informou que irá fazer um cruzamento de dados para selecionar famílias em vulnerabilidade social.

A informação foi repassada pelo próprio secretário, em entrevista à imprensa, nesta quinta-feira (18). Segundo a prefeitura, foram contabilizados 5.166 inscritos para as vagas. O processo de inscrição ocorreu de 9 a 14 de março. Neste ano serão ofertadas 2.100 novas em creches municipais.

Conforme o secretário de Educação, as 2,1 mil vagas serão disponibilizadas a partir do cruzamento de dados do Cadastro Único da prefeitura e deverá levar em consideração a situação de vulnerabilidade social de cada família inscrita.

“As famílias que estiverem mais vulneráveis serão contempladas, conforme acordo firmado com o MP e que já estamos colocando em prática. Em breve anunciaremos os alunos contemplados”, disse, sem citar datas.

A divulgação das crianças que garantiram uma vaga nas creches municipais estava previsto para o dia 19 de março. As vagas são para crianças de 1 a 3 anos, que poderão integrar as turmas do maternal 1, 2 ou 3.