Após repercussão negativa da vacinação das irmãs Lins, David Almeida anuncia portaria proibindo fotos no momento da imunização

Foto: Reprodução

Após a explosão de críticas que as irmãs Lins receberam ao publicar o momento em que foram vacinadas contra a Covid-19, o prefeito de Manaus, David Almeida, anunciou na noite dessa terça-feira que está providenciando uma portaria que estabelecerá a proibição de registros fotográficos da vacinação.

“Nós vimos na rede social que muitas pessoas postaram que estão sendo vacinadas. A secretaria (de Saúde) está nesse momento, fazendo uma portaria proibindo a divulgação em rede social dentro das unidades. Você que se vacinou fique pra você, você não precisa compartilhar em rede social”, disse o prefeito.

Após dizer isso na Live, o prefeito de Manaus também virou alvo de críticas nas redes sociais de pessoas que consideraram a proibição uma forma de esconder a atitude ilegal e imoral daqueles que os internautas chamam de “fura fila”.

A portaria até agora não foi publicada.

Irmãs Lins

As irmãs Gabrielle e Isabelle Lins foram duramente criticadas nas redes sociais, após terem postado nas redes sociais o momento em que foram vacinadas contra a Covid-19. As duas passaram a trabalhar na Unidade Básica de Saúde (UBS) Nilton Lins na semana passada e foram imunizadas antes mesmo de muitos profissionais de saúde que estão atuando há tempos na linha de frente contra a covid-19.

Por meio de nota, a prefeitura explicou que as irmãs estão entre os dez médicos nomeados para compor o grupo de execução do plano emergencial e gerenciar projetos e estão no exercício de suas funções.