Após reunião com TCE, prefeito de Coari vai reduzir em 30% gastos com aniversário da cidade

O prefeito de Coari, Adail Pinheiro Filho vai reduzir em 30% o valor das atrações programadas para o aniversário da cidade ou vai cancelar uma das atrações, caso não consiga firmar parcerias públicos privadas. A festa foi orçada em R$ 1 milhão e a porcentagem reduz o custo em pelo menos R$ 300 mil. A decisão aconteceu nessa quinta-feira (19), após reunião com o Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM).

Além disso, Adail se comprometeu em apresentar ao TCE a comprovação do sistema de folha de pagamento constando como foi pago os salários dos servidores e extrato de conciliações bancárias, entre outras exigências para a realização das festividades.

Presente na reunião, o Ministério Público de Contas (MPC) falou sobre os problemas do município apresentados na representação, com pedido de medida cautelar, que questiona os gastos com a festa. Em seguida, o prefeito fez suas justificativas e assinou um Termo de Compromisso, em que se compromete em apresentar ao TCE todas as documentações, até o final do mês, que comprovam que sua administração está cumprindo os percentuais que determinam a lei em várias áreas, além de redução do custo da festa, prevista para agosto.

A reunião foi realizada com o relator de contas de Coari, conselheiro Josué Filho, o procurador-geral do Ministério Público de Contas, João Barroso, e os procuradores Elizângela Marinho e Ruy Marcelo Mendonça.

Confira o termo de compromisso na íntegra