Após ser preso por se envolver em briga de bar, jovem é assassinado na delegacia de Barcelos; população se revolta (ver vídeo)

Segundo fontes do Radar o jovem dividiu uma cela com detentos de alta periculosidade

foto: divulgação

O uso de delegacias como presídios, fato que se repete por todo o interior do Amazonas, com superlotação de celas onde a polícia prende  criminosos perigosos e também pessoas que cometeram infrações não tão graves é apontada como a causa para a morte de um jovem, dentro da delegacia do município de Barcelos (distante 401 km de Manaus), e que gerou revolta na população, nesse sábado (04). (veja vídeo no final da matéria)

De acordo com fontes do Radar, um jovem identificado como Simeão Denis de Menezes Filho, conhecido como ‘Negão’, após se envolver em uma briga de bar, foi preso e encaminhado para ao 75º Delegacia Interativa de Polícia (DIP), mas chegando lá foi assassinado horas depois por outros detentos. (veja vídeo no final da matéria).

Ainda segundo fontes, Simeão dividiu uma cela com outros detentos de alta periculosidade. Familiares e amigos da vítima se revoltaram com o crime e fizeram uma manifestação em frente à unidade policial.

Os populares foram para frente da delegacia atearam fogo em pneus e seguravam cartazes pedindo por Justiça. A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) para questionar se o autor do crime já foi identificado e quais procedimentos serão tomados, mas até o momento a reportagem ainda aguarda a resposta.