Após subida do Rio Negro, parte da avenida Eduardo Ribeiro é interditada

A subida das águas do Rio Negro já causa preocupação nas pessoas que passam pela Praça do Relógio, no Centro de Manaus

Uma parte da avenida Eduardo Ribeiro, no Centro de Manaus, foi interditada na manhã desta quarta-feira (15), isso porque as águas do Rio Negro invadiram a via, afetando a região da Praça do Relógio.

A interdição foi coordenada pelo Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU). Vale ressaltar que, em 2021, a região da Praça do Relógio foi totalmente tomada pela água, fazendo com que pontes de madeira fossem improvisadas no local.

De acordo com o sistema de medição do Porto de Manaus, o nível do Rio Negro, atualmente, é de 29,70 metros. As imediações da Praça do Relógio passam por obras de revitalização após o rompimento de uma adutora, que já dura mais de um mês, e até o momento não foi solucionado.

A Prefeitura de Manaus não divulgou, até o momento, um plano de prevenção para solucionar os problemas que serão causados pela cheia no bairro Centro.