Arcebispo do Rio é assaltado à mão armada

cardealOs três criminosos que roubaram objetos pessoais do cardeal Dom Orani Tempestaquando ele saía da residência Assunção, no Sumaré, na Zona Norte do Rio, nesta segunda-feira (15), se arrependeram e abandonaram o material na rua após a fuga.

O cardeal tinha acabado de celebrar uma missa e seguia pela estrada do Sumaré rumo à Rádio Catedral, na Glória, para participar de um debate. Menos de dois quilômetros depois de sair da residência Assunção, o carro foi interceptado pelos criminosos.

A ação aconteceu por volta das 20h30. O vigia que estava em uma guarita viu o momento em que um carro prata subiu a estrada e depois desceu com os vidros fechados, música alta e em alta velocidade.

“Por volta de umas 20h30 passou um carro prata, seguindo em direção a casa do arcebispo e logo em seguida, o rapaz veio para a gente aqui, dizendo que tinha sido assaltado e que o arcebispo tinha sido assaltado também”, contou o segurança.

Os assaltantes estavam armados. Segundo um assessor da Arquidiocese, eles reconheceram Dom Orani, pediram desculpas e depois fizeram o roubo. Eles levaram a caneta, o telefone, a cruz e o anel de cardeal que o arcebispo usava.

O motorista e um fotógrafo que estavam no carro também tiveram os pertences roubados. Os criminosos levaram até a batina do seminarista que acompanhava o grupo. Mesmo depois do susto, Dom Orani seguiu direto para o encontro onde era esperado.

Alguns quilômetros depois, os assaltantes acabaram decidindo abandonar os objetos pela rua.
O material foi encontrado pela polícia e devolvido logo depois, inclusive o cordão e o anel do cardeal.

Fonte: G1