Artesanato amazonense é destaque em evento de Brasília

Mais de duas mil peças com temáticas indígena e ecológica, além de alimentos feitos com frutas regionais foram expostos no 10º Salão do Artesanato de Brasília, que aconteceu entre os dias 4 a 8 deste mês, e reuniu centenas de artesãos de todo o País. O estande do Amazonas totalizou mais de R$ 40 mil em vendas, tornando-se um dos destaques do evento.

Há três anos os artesãos amazonenses não participavam de exposições em outros Estados. “Era uma demanda reprimida dos consumidores de artesanato, que estavam há muito tempo sem comprar os artigos produzidos no Amazonas”, explica o secretário executivo da Setrab, Manoel Oliveira.

Para representar o Amazonas, a Setrab selecionou um grupo com sete artesãs dos municípios de Manaus, Tefé, São Gabriel da Cachoeira, Benjamin Constant e Novo Airão. O grupo foi selecionado mediante a publicação de um edital que avaliou os artigos produzidos pelos artesãos.

Além da comercialização de mais de 1.850 peças, os artesãos amazonenses receberam 130 encomendas de produtos feitos em madeira (marchetaria) e alimentos. Os artigos serão produzidos em Manaus e enviados aos compradores de várias partes do Brasil, pelos Correios.

A artesã Alessandra Andrade, que trabalha com marchetaria, ficou satisfeita com o resultado obtido no Salão do Artesanato. “Tivemos ótimas vendas graças ao incentivo do Governo do Amazonas, que acreditou em nosso trabalho e nos levou à exposição”, elogiou a artesã.