Anúncio Advertisement

Arthur formaliza a Temer pedido de apoio às vítimas do incêndio em Manaus

O prefeito Arthur Virgílio Neto (PSDB) encaminhou, nessa quarta-feira (19), a formalização do pedido de auxílio federal ao presidente Michel Temer (MDB) para o enfrentamento da situação de emergência em Manaus, decorrente do incêndio de grandes proporções que desabrigou cerca de 600 famílias do bairro Educandos, zona Sul, na última segunda-feira (17). A proposta é que o recurso seja usado no pagamento de auxílio-aluguel para as famílias atingidas pelo período inicial de 180 dias, no valor mensal de R$ 300 por família, totalizando R$ 1.080 milhão.

A solicitação do prefeito de Manaus é de auxílio financeiro e operacional e já havia ocorrido via twitter, na terça-feira (18) tendo como base legal a Lei 12.340/2010, além do Decreto 7.257/2010. O ofício encaminhado à Presidência da República faz parte da série de medidas adotada pela Prefeitura de Manaus após a tragédia no bairro Educandos.

No pedido encaminhado ao presidente da República, o prefeito destacou que o auxílio tem como objetivo ajudar Manaus a adotar as medidas necessárias para o enfrentamento da situação, sobretudo no socorro às vítimas.

Segundo o prefeito, a ideia é também conseguir recursos para prover as famílias de kits alimentação e de utensílios mínimos para a sobrevivência. Para isso, o prefeito sugere como base que sejam adotados mecanismos a exemplo do Cartão Reforma e do cartão social Minha Casa, Minha Vida, no valor de R$ 5 mil por família, totalizando R$ 3 milhões às vítimas.

A solicitação do prefeito também pede a concessão, com prioridade, de área para o planejamento de projetos habitacionais que permitam a construção de moradias para as famílias atingidas. A ideia é que parte das famílias desabrigadas pelo incêndio já seja direcionada para a etapa A do Residencial Manauara 2, na zona Norte.

Doações

De acordo com Arthur, a sede da Casa Militar, na Compensa, zona Oeste, está funcionando como ponto para a arrecadação de alimentos, roupas e outros itens para as vítimas. Escolas da rede municipal, a Minivila Olímpica do Coroado, postos do Sine Manaus e outros espaços municipais também funcionam como pontos de coleta de doação. Servidores de todas as secretarias municipais estão envolvidos na ação, coordenados pelo Fundo Manaus Solidária.

Doações de alimentos não-perecíveis, roupas, água, lençóis, itens de higiene pessoal, entre outros, podem ser direcionadas à base central na Casa Militar, localizada na avenida Padre Agostinho Caballero Martin, 770, Compensa. Todas as doações serão destinadas às famílias cadastradas pela Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc).

Depósitos em dinheiro podem ser feitos na conta do Fundo Manaus Solidária, com razão Social Fundo Social de Solidariedade, CNPJ: 28.042.447\0001-42, no Banco do Brasil, Agência: 3563-7 e Conta Corrente: 9.703-9.