Arthur Neto quer mais UBSs de atendimento estendido

artur-gloria0-1-as

artur-gloria0-2-asEm 45 meses de administração, foram 50 obras de saúde, sendo 39 unidades básicas de saúde. Logo no primeiro ano de gestão, Arthur Neto determinou que dez unidades passassem a funcionar em horário estendido, ou seja, até às 21h, enquanto que no horário normal, deveriam manter-se abertas até às 17h. A coligação ‘Somos uma só Manaus’ quer expandir o expediente em outros prédios e garantir que mais pessoas sejam atendidas por um sistema, que hoje já cobre 59% de atenção básica em toda a cidade.

“A demanda pelos serviços aumenta sem parar. De olho nessa situação, criamos o horário estendido. A medida ampliou o número de atendimentos, fizemos 795 mil procedimentos a mais, e vamos ampliar o horário para outras unidades. Precisamos também olhar para aquela obra que quase nenhum político gosta, aquela que não dá voto, que causa transtorno no trânsito, faz buraco, mas que promove a saúde: o saneamento, a drenagem, o esgoto. A cada real investido em saneamento, economizamos R$ 4 em saúde”, avalia o candidato a prefeito Arthur Neto.

O plano de governo  prevê a criação da Clínica da Família, com centros de saúde implantados em áreas estratégicas, com clínico-geral, ginecologista, psicólogo, assistente social, nutricionista, fisioterapeuta e odontólogo; Ambulatórios de Asma e Rinite, voltados para as crianças, em quatro áreas da cidade; Cartão da Família Manauara: documento eletrônico com informações do usuário, facilitando a marcação de consultas e exames; e o Remédio em Casa, comentrega de medicamentos da Cesta do SUS aos pacientes com dificuldades de locomoção.

“Eu e o Arthur estamos comprometidos e empenhados em buscar recursos junto ao governo federal e até mesmo fora do Brasil, para que obras de saneamento melhorem a qualidade de vida e saúde de todos, o que a gente quer é ver você cada vez mais numa praça como essa e menos numa fila de hospital”, assinala Rotta.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, hoje a cobertura de atenção básica em Manaus chega a 59,70% da população, enquanto que em 2013 era de 45,15%. Já a estratégia da família cobre 39,32% da população, contra 24,82% de 2013. “Tem candidato por aí errando esses número de propósito. Avançamos, mas podemos avançar ainda mais”, diz Arthur.

No dia 25 de agosto, Arthur e Rotta estiveram na Glória, onde há uma unidade básica de saúde de atendimento estendido. Eles foram recebidos por mais de duas mil pessoas. “As pessoas me parabenizaram pela UBS. Quem trabalha à noite vem de dia, e quem trabalha de dia, vem à noite e final de semana. Prova que está dando certo”, encerra Arthur.