As trapalhadas do concurso público da Seduc feito por uma empresa do Rio de Janeiro

Depois dizem que euzinha aqui tou vendo chifre em cabeça de cavalo, o mesmo que dizer que procuro coisa errada onde não existe. Mas, gostaria de perguntar se os inteligentes e sagazes leitores do Radar acham certo uma pessoa que mora no Japiim, ou seja, na Zona Sul, ir parar no Grande Vitória, no extremo oposto da cidade, Zona leste, pra fazer prova do concurso da Seduc? Será que em toda a Zona Sul e adjacências não havia uma escola sequer para que essa candidata fizesse prova?

Já outra candidata que mora exatamente no Grande Vitória teve que acordar de madrugada e se expor ao perigo de assalto, além de outros tipos de violência, porque a escola determinada pela organização – ou seria melhor dizer desorganização? – para que ela fizesse as provas do concurso fica quase na barreira, na BR-174.

E ainda teve outro caso que chegou ao conhecimento do Radar de um candidato que mora no Japiim, próximo aqui do site, e foi deslocado para o Tarumã pra fazer prova.

E, iguais a esses, são inúmeros os casos de candidatos que acharam um desrespeito e um abuso precisarem cruzar a cidade de ponta a ponta pra fazer a prova do concurso. Aí, como sempre faz, o Radar foi atrás de alguma explicação pra essa trapalhada e descobriu que o Instituto Acesso, empresa contratada pela Seduc pra fazer o concurso, é do Rio de Janeiro, situada na Tijuca, segundo informações que estão no site da Receita Federal (ver cadastro no final da matéria).

Levando isso em consideração, será que eles conhecem a cidade de Manaus para fazer um mapeamento dos locais de prova de forma que não prejudicasse os candidatos? Pelo jeito não!

Mas depois de contratar uma empresa de Nova York pra cuidar da segurança do Estado, não espanta nada o Governo de Amazonino contatar uma empresa do Rio de Janeiro pra tratar de um concurso público pra educação, né gente?

E como todo mundo anda ganhando milhões no Amazonas, vale destacar que o Instituto Acesso arrecadou R$ 10 milhões com as taxas de inscrição do concurso.