Às vesperas das voltas aulas na rede estadual, Amazonas registra mais de 1.200 novos casos de Covid-19

Foto: Reprodução/ Internet

Um dia antes do retorno das atividades escolares presenciais do ensino fundamental do Estado, o Boletim Diário Covid-19 da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), divulgado nessa terça-feira (29), confirma o registro de 1.256 novos casos de Covid-19. Destes, 1.222 foram detectados por testes rápidos, sendo 846 na capital e 410 no interior, que identificam os anticorpos, a maioria dos quais, casos antigos ocorridos no pico da pandemia, com data de início dos sintomas entre, pelo menos, oito e 180 dias ou mais das primeiras manifestações da doença.

Outros 34 foram detectados por RT-PCR, o qual aponta casos novos que estão entre o 3º e 6º dias da doença, totalizando 137.964 casos da doença no estado.

Internações 

Entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, há 302 pacientes internados, sendo 186 em leitos clínicos (65 na rede privada e 121 na rede pública), 113 em UTI (55 na rede privada e 58 na rede pública) e três em sala vermelha, estrutura voltada à assistência temporária para estabilização de pacientes críticos/graves para posterior encaminhamento a outros pontos da rede de atenção à saúde.

Há ainda outros 87 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 57 estão em leitos clínicos (38 na rede privada e 19 na rede pública), 27 estão em UTI (17 na rede privada e 10 na rede pública) e três em sala vermelha.

Dos 137.964 casos confirmados no Amazonas até essa terça-feira (29), 50.862 são de Manaus (36,87%) e 87.102 do interior do estado (63,13%).

Mortes

Entre pacientes em Manaus, há o registro de 2.512 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus. No interior, são 61 municípios com óbitos confirmados até o momento, totalizando 1.523.

Voltas às aulas

O retorno das aulas presenciais do ensino fundamental, que abrange a 1° série até a 9° série, está previsto para ser realizado a partir desta quarta-feira (30) em toda rede estadual de ensino.

Apesar de dados apontarem o aumento contínuo de casos da Covid-19 no Amazonas e estudos de grandes instituições como a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) alertarem para a existência de uma segunda onda da doença, o governador Wilson Lima segue negando a situação e apesar de decretar o fechamento de bares e casas noturnas, continua defendendo o retorno às escolas.

Desde a reabertura das escolas estaduais no início de agosto, mais de 2,5 mil profissionais da educação testaram positivo para a Covid-19 no Amazonas.

(*) Com Informações da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM)