Assembleia independente marca 100 dias de gestão da 19ª Legislatura

‘União e independência’ foram as palavras mais usadas pelos deputados estaduais do Amazonas para resumir os 100 primeiros dias de trabalho desta 19ª Legislatura. Em uma iniciativa inédita, a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) organizou nessa terça-feira (14), uma Sessão Especial de prestação de contas para informar a população das ações do parlamento estadual.

O presidente da Assembleia, deputado estadual Josué Neto (PSD), citou a renovação da Assembleia, com a priorização do trabalho parlamentar de cada um dos deputados.  “Quando se fala de renovação, se fala de pessoas que vem com um novo gás, com novas ideias e que querem muito poder aprender, a cada dia, com sua assessoria técnica, entender melhor a necessidade do nosso povo. E a data de hoje é justamente para mostrar isso: uma Assembleia unida, que apesar de ter três ou quatro orientações políticas diferentes, mais de 15 partidos representados, a discussão aqui é no campo das ideias. Estamos aqui para encaminhar, sugerir, requerer os benefícios para a nossa população e não fazer crítica por crítica”, afirmou.

Um vídeo institucional mostrou os destaques da atual legislatura através de leis, requerimentos e proposições, entre eles, a instalação da CPI dos Combustíveis, aprovação do pagamento da data base dos delegados da Polícia Civil do Amazonas, aprovação da lei contra a violência obstétrica, a modernização da Comunicação da Casa – sendo a Assembleia a primeira a transmitir seus eventos ao vivo pelas redes sociais.

Também foram destaques, o aumento da bancada feminina, tornando a Assembleia a Casa Legislativa com maior representatividade feminina nas últimas quatro eleições, e a participação das deputadas estaduais no evento internacional World Woman Tech (WWT).

Os deputados Sinésio Campos (PT), Joana d’Arc (PP), Augusto Ferraz (DEM), Abdala Fraxe (Podemos), Therezinha Ruiz (PSDB) e Belarmino Lins (PP) foram unânimes em citar o respeito e a harmonia com todos os deputados, independente de visão política e de forma igualitária.

Outro ponto muito citados pelos deputados foi em relação à independência funcional da Assembleia e à receptividade com os movimentos grevistas e às reivindicações da população.

Os deputados estaduais Alessandra Campêlo (MDB), Dra. Mayara (PP) e Dermilson Chagas (PP) enfatizaram, além da união do parlamento, o salto de modernização da forma de comunicar da Assembleia, com o uso das redes socais que aproximou o parlamento da população, sobretudo no interior do Amazonas.

Convidados para o evento, o subprocurador geral de justiça Carlos Fábio Monteiro, o secretário de articulação institucional e política, Luiz Alberto Carijó, e o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Amazonas (OAB-AM), Marco Aurélio de Lima Choy, parabenizaram o presidente da Casa pela condução dos trabalhos na presidência da Assembleia e pelo clima democrático na relação entre os deputados.

Com informações da assessoria da Aleam.