Assessor de vereador assediava e ameaçava de morte menina de 13 anos

Um homem identificado como Jackson Sena, que supostamente seria o assessor parlamentar do vereador ‘Raulzinho’ (DEM) da Câmara Municipal de Manaus (CMM), mandava fotos onde aparecia nu, oferecia dinheiro e até celular em troca de práticas sexuais com uma menina de 13 anos. Além disso, ele ameaçava de morte a menor caso o denunciasse à família ou polícia. Cansada dos assédios e ameaças, a criança resolveu denunciar o assessor e revelar as conversas no Whatsapp. (Veja no final da matéria)

As mensagens encaminhadas ao Radar, mostram que Jackson enviava fotos completamente sem roupa para a vítima e em um trecho diz que “todo mundo tem seu preço e você deve ter o seu”. Mas a menina afirma que não tem interesse e pede que ele parasse de enviar as imagens. “Para Jackson, eu não quero você, minha mãe vai me brigar, não envie mais essas coisas”.

Mesmo diante dos pedidos, o assessor insistia com os assédios e chegou a oferecer dinheiro e presente para calar a menina. “Joga a real, o quê você quer? um celular? dinheiro? viajar?”, questiona.

Mas com a rejeição e após ela decidir denunciá-lo, às ameaças de morte começaram. “Acho melhor não, tu lembra das meninas que amanhecem de boca cheia de formiga?”, diz Jackson tentando intimidar a vítima.

“Se você falar algo para alguém eu mando te matar sua ‘fdp’ (…) sou assessor de um vereador poderoso. Uma ligação dele você some, melhor tu ficar caladinha. Fala algo pra alguém que eu te acho na escola, quando tu ver um carro branco já sabe”, ameaça em outro trecho da conversa.

Aterrorizada com a situação, a menina diz que iria bloquear o homem e em seguida mostrar as mensagens para a mãe, que segundo informações repassadas ao Radar, já registrou a denúncia que segue em segredo de Justiça.