Atendimentos da Ouvidoria municipal são realizados virtualmente

Foto: Divulgação

A Ouvidoria municipal já está em funcionamento, mas agora ligada à Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom). Conforme o anúncio realizado pela Prefeitura de Manaus, o atendimento do setor- responsável por receber, analisar, avaliar e encaminhar consultas, denúncias e sugestões ao serviço público do município- será feito virtualmente, sem que a população precise sair de casa.

“Recebemos do prefeito Arthur Virgílio Neto a missão de absorver a Ouvidoria, um canal direto da prefeitura com a população, e assim já estamos com os serviços digitais disponíveis. É mais uma atitude que reforça o compromisso em governar de forma democrática, ouvindo os anseios sociais e trabalhando para levar melhorias diversas à cidade”, destacou a secretária municipal de Comunicação, Kellen Veras Lopes.

Para o atendimento, o cidadão deve entrar em contato pelo e-mail: [email protected] ou pelos números: (92) 98842-3030 ou 98842-2572, somente via WhatsApp. O serviço funciona 24 horas.

“A Ouvidoria municipal tem como princípio ouvir a população de Manaus em relação aos serviços públicos prestados pela prefeitura e propor um atendimento de qualidade, sempre buscando uma solução rápida para aqueles problemas que o usuário desses serviços nos apresenta”, ressaltou o diretor da Ouvidoria municipal, Aguinaldo Monteiro.

Em breve, a Ouvidoria municipal ganhará uma estrutura física, que já está sendo instalada nas dependências da Prefeitura de Manaus, no bairro Compensa, zona Oeste. O atendimento presencial funcionará das 8h às 14h. A entrega da estrutura física está prevista para o fim deste mês de agosto.

A Semcom absorveu o Departamento de Ouvidoria, após a extinção da Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor (Semdec), que também era responsável pelo Procon Manaus. Essa foi uma das medidas emergenciais consolidadas pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, para reduzir o tamanho da máquina administrativa e do custeio para enfrentar a queda de arrecadação provocada pela pandemia do novo coronavírus, causador da Covid-19.

(*) Informações da assessoria