Atletas amazonenses do CTARA conquistam sete medalhas no Campeonato Brasileiro de Luta Olímpica

Os atletas do Centro de Treinamento de Alto Rendimento da Amazônia (Ctara) conquistaram sete medalhas no Campeonato Brasileiro de Luta Olímpica de 2018, realizado nesse sábado (17), no Jequiá Iate Clube, no Rio de Janeiro. A seleção amazonense da modalidade ficou em terceiro lugar na classificação geral. Os lutadores, que contam com o apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), retornam para Manaus com um ouro, três pratas e três bronzes.

Dentre os atletas que viajaram para competir, os medalhistas foram Lucas Machado (79kg), Daniel Alves (57kg) e David Moreira (65kg), que foram primeiro, segundo e terceiro lugar, respectivamente. No feminino, Diane Martins (50kg) ficou com a prata e Andria Pimentel (57kg) com o bronze. Além deles, também medalharam os atletas Tasso Alves (86kg), que garantiu a segunda colocação em sua categoria e Fábio Júnior (125kg), que trouxe o bronze para a delegação amazonense.

O presidente da Federação Amazonense de Luta-Livre Esportiva e Luta Olímpica (Falle), Waldeci Silva, informou que apesar de o resultado não ter sido tão expressivo quanto os anos anteriores, o apoio da secretária da Sejel, Janaina Chagas, foi essencial e contribuiu para que a equipe permanecesse no pódio e conseguisse mais uma vez destacar o Amazonas no cenário nacional.

“Infelizmente passamos por muitas dificuldades durante o período de treinamentos e isso, querendo ou não, influenciou bastante em nosso resultado. Apesar de tudo, as competições continuam e seguiremos treinando forte para atingirmos novos objetivos. Em breve teremos o Amazonense, que garante vaga na disputa do Pan-americano, assim como a seletiva para as Olimpíadas da Juventude.

Ainda de acordo com Waldeci Souza, o objetivo agora é intensificar os trabalhos, para que a equipe continue galgando o mais alto lugar nas competições nacionais. “Reconheço o valor dos adversários, mas eles também sabem do nosso potencial e respeitam nosso estado. Reafirmo o compromisso de permanecer trabalhando com determinação, para que possamos mostrar que já conquistamos o nosso espaço no cenário brasileiro e que continuaremos fazendo a diferença em nosso esporte”, concluiu.

Fonte: Assessoria de comunicação da Sejel

FOTOS: Divulgação / Alessandra Reis