Atletas amazonenses garantem vaga para o Mundial de Jiu Jitsu, na Califórnia

mundial Jiu Jitsu

Dois dos oito nomes que vão embarcar para Long Beach, na Califórnia (EUA), e disputar o Mundial de Jiu Jitsu, de 31 de maio a 2 de junho, foram revelados no Campeonato Amazonense de Jiu Jitsu, graduação faixa branca a azul, que aconteceu no início desse mês. Emanuel Castro e Rudson Mateus quebraram tudo na Absoluto e ocuparam a vaga que foi disputada por dois mil atletas. A competição é promovida pela Federação de Jiu Jitsu do Amazonas (FJJAM), com apoio da Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Desporto, Lazer e Juventude (Semdej).

Sete vezes campeão amazonense, Emanuel Castro foi a grande surpresa: Depois de perder em sua categoria – médio até 74Kg – o lutador deu a voltar por cima na Absoluto e ganhou por dois pontos, após massacrar o atleta da academia Omar Salum, Jocivaldo Azevedo. Esta será segunda vez do atleta no Mundial. Em 2010 e 2012 o faixa azul dominou a competição e trouxe ouro para casa.

“Foi uma luta bastante difícil. Na minha categoria eu perdi para o Pipoca, pois na final estava com cãibra. Mas na Absoluto nada me atrapalhou”, confessou o faixa azul, ao revelar que não treinava há dois meses devido uma lesão no menisco do joelho esquerdo e direito, que adquiriu no Campeonato Mundial do ano passado, no mês de  novembro.

“Apesar de ter vencido ano passado o Mundial, estava muito machucado na final, e desde lá venho sentindo certo desconforto. O Amazonense, por exemplo, resolvi lutar de última hora e meu fisioterapeuta só liberou treino uma semana antes da competição. Mas graças a Deus não senti dor e consegui um ótimo resultado. Vou este ano à Califórnia tentar medalhar mais uma vez”, afirma o atleta de 16 anos, que com o passaporte em mãos, diz que agora é hora de pegar pesado nos treinos.

“Já conversei com meu fisioterapeuta e vou intercalar o tratamento com o os treinos. Agora vou ralar de seis a oito horas por dia para chegar afiado no Mundial”, comentou o atleta.

Outro que subiu o lugar mais alto do pódio foi Rudson Mateus. O atleta que já havia faturado vaga e passagem para o Mundial no mês passado, irá passar sua passagem para o segundo colocado do Amazonense na categoria adulto Absluto, Mikahakene Reinaldo, da Academia Pinheiros. O critério segue normas da FJJAM.

Atualmente morando no Rio de Janeiro, Rudon embarca no início da próxima semana para a capital carioca, onde retornará aos treinos na academia Black Belt Team.

Campeonato Amazonense continua

Com recorde de inscritos – três mil no total – a 26ª edição do Campeonato Amazonense de Jiu Jitsu teve que ser dividida em dois finais de semana. Por isso, amanhã (11), e domingo (12), será a vez de contemplar os combates dos faixas Roxa, Marrom e Preta. A competição, nos dois dias, terá inicio às 10h, no Bergão (São Jorge).