Atlético-GO consegue recurso na CBF para escalar jogadores que testaram positivo para Covid-19

Foto: Paulo Marcos/ACG

Reviravolta! O Atlético-GO conseguiu no fim da noite desta terça-feira um recurso para escalar contra o Flamengo os quatro jogadores que testaram positivo para Covid-19. O clube afirma que eles estão em reta final de contaminação, já cumpriram o protocolo de quarentena e “não têm mais o potencial de transmissão da doença”.

A comissão médica da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) acatou o argumento e liberou os atletas para jogarem nesta quarta-feira. Procurado, o Flamengo disse apenas que vai seguir as recomendações da CBF.

A informação foi publicada pelo jornal O Popular e confirmada pelo ge. De acordo com Gleyder Sousa, médico do Atlético-GO, o argumento utilizado consta no próprio protocolo desenvolvido pela CBF junto aos clubes antes do início do Campeonato Brasileiro.

-Fui notificado há pouco, cerca de meia hora, da decisão. A comissão médica da CBF acatou meu recurso. O argumento foi baseado no nosso próprio protocolo e baseado nas últimas resoluções da CBF e das instituições de saúde. Entrou na pauta da reunião da comissão, que estava de plantão, e logo foi aceito o recurso.

Gleyder complementou dizendo que o caso tomou grande proporção por conta da divulgação precoce. A informação dos quatro casos positivos veio a público por meio do secretário-geral da CBF, Walter Feldman, durante entrevista à Fox Sports. Segundo o médico rubro-negro, antes mesmo de o clube ter sido notificado.