Atlético-MG encara o Sport para se reaproximar de líderes

O técnico Thiago Larghi não fez qualquer mistério quanto à formação do Atlético Mineiro para o jogo deste domingo, às 16 horas, contra o Sport, no Independência, pela 27ª rodada do Brasileirão. Para tentar recuperar o terreno perdido pela equipe nas últimas rodadas, o treinador vai apostar no meia equatoriano Cazares, que receberá nova chance entre os titulares.

O Atlético vem de dois tropeços seguidos, sendo uma derrota para o Flamengo e o empate sem gols no clássico com o Cruzeiro. Os pontos perdidos acabaram afastando a equipe mineira da briga pelas primeiras posições. Com 42 pontos, está em sexto lugar, no limite da zona de classificação à próxima edição da Copa Libertadores, a cinco pontos do Grêmio, o quinto colocado.

O time mineiro, portanto, precisa da vitória para começar a pensar novamente na disputa pelas primeiras posições. E até, quem sabe, pelo título, que Larghi ainda não descarta. “Enquanto houver possibilidade matemática, vamos sonhar sim”, avisa o treinador, que não esconde que a principal meta da equipe é mesmo garantir a vaga na Libertadores.

+ No Rio, ato contra Bolsonaro une torcedores de Fla, Flu, Vasco e Bota

Para retomar o caminho das vitórias, o técnico vai promover o retorno de Cazares ao time. Irregular nesta temporada, o meia vinha sendo opção no banco de reservas, apesar do bom rendimento em outros momentos do time, principalmente na temporada passada.

Ele vai entrar no lugar do argentino Tomás Andrade, que reclamou ao ser substituído na rodada passada. Larghi, contudo, garante que a troca já estava planejada. Assim, Cazares terá a missão de coordenar o setor ofensivo atleticano, ao lado de Luan, Chará e Ricardo Oliveira.

“Sim, é esse o time. A decisão pelo Cazares já tinha sido tomada, independente do Tomás ou não, e tivemos a agravante do Tomás, que não treinou ainda nenhum dia essa semana. Então, a gente confirma sim esse time para começar o jogo domingo”, afirma Larghi, sem fazer qualquer suspense.