Anúncio

Atual ministro já foi autuado 24 vezes por infrações trabalhistas

O novo ministro do Trabalho, Caio Vieira de Mello, já foi autuado 24 vezes por infrações trabalhistas, entre 2005 e 2013, em sete fiscalizações do Ministério do Trabalho na sua fazenda, que fica em Conceição do Rio Verde, no Sul de Minas Gerais.

De acordo com reportagem do jornal “Folha de S. Paulo”, uma das autuações, de 2009, refere-se a dois trabalhadores rurais que estavam sem registro em carteira de trabalho. Portanto, não recebiam o pagamento de benefícios trabalhistas como FGTS, INSS e férias remuneradas.

Vieira de Mello, na época desembargador e vice-presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região, em Belo Horizonte, recebeu multas de R$ 46 mil.

Segundo autos de infração obtidos pela Repórter Brasil, na fazenda em que o atual ministro mantinha uma plantação de café, ainda foram encontradas falhas de segurança e de higiene. A moradia dos funcionários da fazenda ficava perto da baia dos animais, por exemplo. Também foi constatado o não fornecimento de equipamento de proteção individual para os empregados, precariedade das instalações elétricas e risco de contato acidental com a picadeira.

“A administração da propriedade decidiu não contestar nem judicial nem administrativamente as autuações, embora houvesse fundamentos jurídicos e fáticos para fazê-lo. A propriedade jamais incorreu em reincidência e, portanto, não sofreu nenhuma autuação trabalhista desde 2009, nem ações judiciais trabalhistas”, declarou o Ministério do Trabalho, em comunicado oficial.

Fonte: Notícias ao Minuto