Audiências realizadas por videoconferências pelo TJAM serão gravadas e anexadas aos processos

Foto: Divulgação

Durante a pandemia, o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) aprimorou ainda mais o uso de novas tecnologias e consolidou a prática de audiências por videoconferência, possibilitando agora a gravação da audiência, que poderá ser anexada ao processo para posterior visualização.

Com a providência, a Justiça Estadual potencializa ainda mais sua prática de virtualização garantindo que mesmo durante o período de distanciamento social os processos continuem em tramitação sem prejuízo aos jurisdicionados.

Segundo o coordenador da Área Cível do TJAM, desembargador Délcio Luís Santos, através do uso da ferramenta disponibilizada pelo CNJ, em parceria com a empresa Cisco, a Justiça do Estado do Amazonas tem conseguido assegurar e reforçar o seu atendimento aos jurisdicionados, superando dificuldades decorrentes do distanciamento social.

“Esse recurso tecnológico será muito útil aos magistrados, pois as audiências poderão ser gravadas e visualizadas a qualquer tempo através de um simples acesso aos autos, facilitando a tomada de decisões, além de permitir a consulta por advogados e partes interessadas”, afirmou o desembargador Délcio Santos, acrescentando que a iniciativa é uma das ações apoiadas pela presidência do TJAM, que na pessoa do desembargador Yedo Simões tem projetado medidas para garantir o atendimento eficiente do Tribunal, mesmo no período de pandemia.

(*) Com informações da assessoria do TJAM