Avião com 28 pessoas cai no mar no extremo leste da Rússia, diz agência

Reprodução / TV Globo

Um avião com 28 pessoas a bordo caiu no mar nesta terça-feira (6) ao largo da península de Kamchatka, no extremo leste da Rússia, enquanto se preparava para pousar, informou a agência de notícias RIA.

O avião, um turboélice bimotor Antonov An-26, ia da capital regional Petropavlovsk-Kamchatsky para Palana, uma vila no norte de Kamchatka, quando perdeu contato com o controle de tráfego aéreo, disse o Ministério de Emergências da Rússia.

Vários navios estariam a caminho do local do acidente, disse a RIA, citando os serviços de emergência.

Havia 22 passageiros e seis tripulantes a bordo. A prefeita da vila, Olga Mokhireva, estava entre os passageiros, disseram as autoridades locais segundo a agência TASS.

O tempo na área estava nublado, de acordo com o centro de meteorologia local.

A Rússia, que era conhecida por seus acidentes de aviação, melhorou a segurança do tráfego aéreo nos últimos anos.

Mas ainda faltam padrões de manutenção e segurança, razão pela qual o país registrou vários acidentes aéreos graves recentemente.

O último ocorreu em maio de 2019, quando um Sukhoi Superjet da companhia aérea russa Aeroflot caiu ao pousar e pegou fogo na pista de um aeroporto de Moscou, deixando 41 mortos.

Voar na Rússia também pode ser perigoso em grandes regiões isoladas, com condições climáticas difíceis, como o Ártico e o Extremo Oriente.

No domingo (4), um avião militar caiu no sul das Filipinas e deixou ao menos 47 pessoas mortas e dezenas de feridos, de acordo com o governo local. O acidente aconteceu depois de a aeronave perder o controle durante a aterrissagem.