Baita reforço para o líder do Brasileirão! Sasha e Sampaoli formam nova dupla no Atletico-MG!

Ex-Santos, atacante foi anunciado nesta segunda (17) pelo Galo. No ano passado, Sasha fez menos gols apenas que Gabigol e Bruno Henrique, do campeão Flamengo no Brasileirão.

blank

Crédito da foto: Ivan Storti / Santos

Eduardo Sasha foi vice-campeão Brasileiro com Jorge Sampaoli  no ano passado e agora chega em outro alvinegro, o mineiro, para quem sabe entrar para a história do Atlético e conquistar o segundo título nacional do clube.

O atacante, de 28 anos, assinou com o Atlético Mineiro por quatro anos e chegou com moral por conhecer o chefe e ser apresentado pelo presidente Sérgio Sette Câmara.

Sasha não é craque, mas resolve no ataque e tem a confiança de Sampaoli. Foi assim no ano passado quando marcou 14 gols no Brasileirão, sob comando do treinador argentino. Com a camisa do Santos disputou 104 partidas e marcou 23 gols.

Sampaoli tem um dom que impressiona e Sasha fez parte disso: o treinador cria esquemas para  vários jogadores marcarem gols.

No Galo, por exemplo, nas três vitórias do Atlético nas três rodadas do Brasileiro, que colocam o clube como o único com 100% de aproveitamento, o time fez seis gols e já tem o melhor ataque do campeonato.

O primeiro foi atípico na estreia do torneio com vitória sobre o Flamengo e gol contra de Filipe Luís, no Maracanã.

Na segunda rodada, a espetacular vitória contra o Corinthians por 3 a 2, no Mineirão, depois de sair perdendo por 2 a 0. Hyoran, duas vezes, e Nathan viraram para os mineiros.

E na terceira rodada, o atacante Marrony fez os dois gols do triunfo do Galo sobre o Ceará, também no Mineirão.

Três jogadores marcaram gols nas três rodadas: Nathan, Hyoran e Marrony. Prova de que o Galo está forte para fazer gols com seus meias e atacantes.

A briga entre Marrony e Sasha será boa no ataque. Mas nesse momento, mesmo o ex-santista sendo amigo do treinador, a posição de titular será do ex-vascaíno, ainda mais com os dois gols marcados contra o Ceará.

Eduardo Sasha precisará primeiro entrar em forma. A última atuação do atacante aconteceu no dia 10 de março, na vitória por 1 a 0 sobre o Delfín, na Conmebol Libertadores.

O jogador estava parado por causa de uma ação trabalhista contra o Santos. Sasha disputou dez jogos e marcou dois gols no ano no time do português Jesualdo Ferreira.

Mais do que essa nova parceria com Sampaoli, Eduardo Sasha tem um número bem interessante. No vice-campeonato Brasileiro de 2019, ele fez menos gols apenas que Gabigol e Bruno Henrique, do campeão Flamengo.