Balé Folclórico do Amazonas apresenta espetáculo ‘Mensageiros de Francisco’

Foto: Michael Dantas

O espetáculo “Mensageiros de Francisco” será apresentado pelo Balé Folclórico do Amazonas (BFA) no palco do Teatro da Instalação localizado na rua Frei José dos Inocentes, Centro de Manaus, a partir das 19h, no próximo dia (19).

O acesso é gratuito e o agendamento pode ser feito no Portal da Cultura através do link cultura.am.gov.br. O número de vagas é limitado para 70 pessoas, conforme os protocolos de segurança e prevenção à Covid-19.

A apresentação do espetáculo tem duração de 30 minutos, e retrata como a religiosidade dos ribeirinhos e a relação com São Francisco interfere nas atividades cotidianas, como plantação, colheita e pesca, além das ações das mulheres e na vida das crianças ribeirinhas.

“Guiados por São Francisco, os ribeirinhos seguem os sons da natureza, assim como este trabalho, que foi inspirado por um repertório do Raízes Caboclas”, afirma a diretora do BFA, Conceição Souza.

Ela conta que encontrou um CD do grupo em um dos seus passeios pelo Largo São Sebastião e idealizou todo o espetáculo em músicas que remetem ao que vive a companhia, que é muito no perfil ribeirinho. A partir daí, segundo ela, foram criadas as coreografias junto com o ensaiador Eduardo Amaral.

“Em cena, são usados elementos típicos da população interiorana, como paneiro, rede de pesca e cuia, que são aliados aos movimentos típicos da vida ribeirinha”, adianta Conceição. “Este espetáculo é um dos exemplos da proposta do Balé Folclórico, de representar nossa cultura, folclore e lendas regionais”.

Encenada por mais de 20 bailarinos que formam a companhia, a estreia da obra aconteceu em 2019, em comemoração aos 18 anos do BFA.

Entre os espetáculos marcantes na trajetória do Balé Folclórico do Amazonas estão “Beiradão”, “Herança Africana” e “Cenas Amazônicas.

Protocolos 

 O Teatro da Instalação adotou todos os protocolos para prevenir a transmissão da Covid-19, como distanciamento social de 1,5 metro, totens de álcool em gel em pontos estratégicos, funcionários treinados e com equipamentos de proteção, aferição de temperatura na entrada do espaço e limpeza e higienização do local. O uso de máscara é obrigatório.

A saída do público após os eventos é realizada de forma imediata e não é permitida a permanência do público nos corredores do espaço.

(*) Informações Assessoria