Balsa tomba e causa vazamento de óleo no Rio Negro

balsa tomba

Tanques que transportavam CAP20 – composto de derivado de petróleo utilizado na composição do asfalto – tombaram no Rio Negro, nas proximidades do Porto do São Raimundo, na Zona Oeste de Manaus, na manhã desta terça-feira (26). O acidente causou vazamento de aproximadamente 60 mil litros do óleo no local.

O analista ambiental do Instituto de Proteção Ambiental do Estado do Amazonas (Ipaam), Georgenes Rabelo, afirmou ao G1 que a empresa não tem autorização para operar no local. Rabelo informou que a situação será apurada e caso seja constatada alguma irregularidade, o proprietário poderá ser multado por crime ambiental.

De acordo com o major Elenildo Farias, o problema ocorreu em uma balsa que pertence a uma empresa particular que fazia o carregamento do CAP20.

O proprietário da balsa identificado como Francis Chehuan, de 66 anos, acompanhou a situação no local. Ao G1, ele afirmou que as balsas possuem autorização para operar no Porto Rodonav. Francis Chehuan foi conduzido à Delegacia de Meio Ambiente (Dema) para prestar esclarecimentos.

Equipes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Capitania dos Portos e da Agência Nacional de Petróleo foram acionadas. Agentes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) também acompanharam o procedimento de contensão de óleo no rio.