Balsas para fogos em Copacabana ficarão a 500 metros da praia

Dhani b/ Riotur

As balsas que serão usadas para transportar os fogos do Réveillon de Copacabana foram aprovadas em vistoria realizada nas últimas duas semanas e concluída nesta quinta-feira. Com a liberação, as 10 embarcações iniciarão seu deslocamento para a orla do bairro à meia noite desta quinta-feira e serão posicionadas a 500 metros de distância da faixa de areia da Praia de Copacabana.

Participaram da fiscalização das balsas a Riotur, a Capitania dos Portos do Rio de Janeiro, o Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro e a Coordenadoria de Fiscalização de Armas e Explosivos da Polícia Civil do Rio de Janeiro. A Capitania dos Portos também fez uma vistoria prévia nos barcos particulares e de turismo que terão permissão para chegar a até 500 metros das balsas.

A queima de fogos deste Réveillon terá 16 minutos, contará com quase 24 mil bombas e terá trilha sonora, com transmissão pelas redes sociais da Riotur e da prefeitura do Rio de Janeiro.

Para reduzir a aglomeração do público, a prefeitura suspendeu a montagem de palco para shows na festa deste ano.

Em vez disso, haverá 25 torres de som ao longo da orla de Copacabana, que vão reproduzir a apresentação do DJ MAM, entre oito da noite e uma da manhã. A cantora Teresa Cristina deve participar da celebração, lendo um manifesto antes da queima de fogos.

Para evitar que a celebração reúna milhões de pessoas como em anos anteriores, a prefeitura anunciou que não haverá ônibus extras para Copacabana, linhas regulares serão desviadas e os acessos ao bairro de carro serão fechados desde o início da noite do dia 31. O metrô também não vai funcionar neste ano, e fechará suas estações entre oito da noite e sete da manhã.