Banda ‘Maria Vem com as Outras’ protesta contra assédio sexual

Foto: Divulgação/ Sejusc

Com o tema “Não é Não, Meu Corpo me Pertence”, a Banda ‘Maria Vem com as Outras’ vai mobilizar a população no combate a violência doméstica contra mulheres, nesta sexta-feira (14). A concentração será às 15h, na Praça Heliodoro Balbi, com acesso é gratuito. Durante o evento, serão realizadas abordagens educativas sobre o tema e apresentação da rede de serviços oferecidos pelo Estado para mulheres vítimas de violência.

A banda é organizado pelo Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (Cedim), com apoio da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc). O evento é tradição há dez anos na prévia do Carnaval.

Segundo a presidente do Cedim, Dora Brasil, o bloco sairá da Praça Heliodoro Balbi em direção ao Relógio, na avenida Eduardo Ribeiro; passará pela avenida Floriano Peixoto e voltará para o ponto de partida. Ela adianta que a estimativa para este ano é receber mais de mil pessoas no evento.

“Escolhemos o tema para contribuir com o fim da violência sexual contra a mulher. Precisamos, mais uma vez, alertar àqueles que insistem em desrespeitar a mulher quando ela diz que não está a fim”, diz a presidente. “É preciso deixar claro que a paquera, a atração e qualquer tipo de relação sexual deve ser objeto de prazer e carinho mútuo e não de violência” disse.

A banda surgiu no Carnaval de 2010, com o objetivo de mobilizar mulheres contra a violência doméstica, principal pauta do Cedim ao longo dos anos. Conforme Dora Brasil, a ação aproximou o público da entidade.

Com informações da assessoria da Sejusc