Barraco de ex-BBB! Nego Di e Mahmoud batem-boca por causa de Lina

Foto: reprodução

A piada transfóbica de Nego Di, em seu stand-up, sobre Linn da Quebrada, gerou uma onda de revolta e alguns ex-participantes de reality show usaram as redes sociais para protestar. Circula na web um trecho do espetáculo de stand-up comedy “98%” – uma referência ao índice de rejeição que Nego Di teve no BBB21 – no qual ele se refere de maneira jocosa à Lina.

O sexólogo Mahmoud Baydoun, que participou do “BBB18”, foi um deles. Ele criticou a produção por ter escolhido o gaúcho para participar do “BBB 21”.

“Eu nunca vou perdoar a Globo por ter colocado o Nego Di no BBB. Preferia não saber sobre a existência dele”.

Logo fãs do humorista gaúcho saíram em defesa dele e rebateram Mahmoud. E o próprio Nego Di entrou em cena para bater-boca: “Tu foi duas vezes e ainda é anônimo … Na próxima pede música”, disparou.

Uma página no Instagram expôs a treta e Mahmoud se pronunciou nos comentários: “Eu nunca quis ser famoso. Não tenho perfil pra ser famoso. Mas graças a Deus faço sucesso dentro da minha área da sexualidade humana, eu transformo a vida das minhas alunas e seguidoras e não sou um desserviço à sociedade nem transfóbico como você, Nego Di”.

Ex-sisters também se pronunciam

Maria, que trocou beijos com Lina, o que foi citado também por Nego Di, se pronunciou.

“Para preconceituoso a gente não dá palco. A gente denuncia, processa. Audiência e atenção é tudo que a gente não pode dar”, disse a atriz em seu Twitter. Em seguida, ela chamou o rapaz de “inimigo do riso” e pediu para que denunciem as redes sociais dele sem gerar engajamento.

O humorista atacou a cantora: “Com agressora, o que a gente faz?”, alfinetou ele, se referindo ao episódio do balde na cabeça de Natália Deodato, no “BBB22”.

“Esse cara é um desserviço pra humanidade. Que nojo”, disse Angélica Ramos, que também participou do “BBB”.

Vários internautas foram contra Nego Di e a favor de Mahmoud.

“É melhor ser anônimo do que ser conhecido como ele”; “É só ver quem é verificado e quem não é…”; “Como se Nego Di fosse a Juliette”; “Jamais é anônimo. O mago da sexologia com trabalho super reconhecido nas redes”; “Por que todo mundo fica dando atenção pra esse cara? Eu não vou me surpreender se por um acaso ele entrar na A Fazenda e ganhar”; “Prefiro ficar anônima igual Mahmoud, que ser igual Nego Di… Não acho legal essas manias de ofender as pessoas e achar graça ainda”.