Bebê de quase dois meses morre ao ser atirada da janela pelo pai em MG

Isabel de Aguilar Loesch caiu de uma altura de 5 metros

Isabel de Aguilar Loesch de 57 dias — Foto: Arquivo pessoal/Redes sociais

Uma menina de 57 dias de vida, morreu na noite do último sábado (28), ao ser arremessada da janela de casa pelo pai, um jovem de 26 anos. Isabel de Aguilar Loesch, caiu de uma altura de 5 metros, o crime aconteceu no bairro Tabajaras em Teófilo Otoni.

Segundo a Polícia Militar, vizinhos contaram que os pais da criança discutiam quando a menina foi arremessada. Ela foi socorrida pelos moradores, mas morreu ao dar entrara na UPA da cidade.

A mãe da menina, uma mulher de 36 anos, disse aos policiais que não convive com pai da filha, e que ele vem à residência para ver a criança. Contou também que, no momento da discussão fazia um arroz doce, e quando foi verificar a panela no fogão, voltou e viu a menina caída na rua. O suspeito fugiu depois de cometer o crime.

De acordo com a PM, a avó da criança disse que, durante gravidez, a filha tinha sido agredida com um soco na barriga, e que os desentendimentos eram constantes entre eles.

Em choque, a mãe da vítima não conseguiu não dar mais informações sobre os fatos.

Pouco depois da fuga, o suspeito ligou para a polícia dizendo que queria se entregar e estava arrependido. Ele foi preso em flagrante e não quis dar a sua versão.

Isabel completaria dois meses nesta segunda-feira (30). O corpo dela foi levado para o IML de cidade. A causa da morte foi traumatismo crânio encefálico.