Bem que a gente queria só falar de amor…

A rapaziada aqui do Radar bem que tava a fim de, no Dia dos Namorados, escrever sobre histórias de amor, gente apaixonada, músicas e poesias que falam sobre esse sentimento tão poderoso que é capaz de unir desiguais, acabar com guerras, semear o entendimento e a paz mas, infelizmente, é impossível não comentar o que se viu, ontem, em mais um protesto contra  o aumento da tarifa de ônibus, em São Paulo, onde ruas e avenidas se transformarem em “praça de Guerra”. As imagens que de repente surgiram nas televisões assustavam de tão grotescas. De um lado manifestantes quebraram ônibus, depredaram agências bancárias, e uma estação do Metrô e picharam veículos e prédios públicos. Do outro, policiais que dispararam balas de borracha, lançaram bombas de gás lacrimogênio e gás pimento “ e também baixaram o cacetete nos outros por que a gente viu. Vinte pessoas foram presas. Ao menos dois PMs ficaram feridos, segundo a Secretaria de Segurança de São Paulo. Duas pessoas foram atropeladas por um automóvel que furou o bloqueio de uma das vias. O motorista fugiu. Acontecimentos que demonstram um nível assustador de ódio quando a gente queria mesmo é que as ruas fossem tomadas por casais de namorados, shows de música, gente dançando e festejando o amor pelo outro.

Será que é enganação?

São muito sérias as acusações feitas pelo deputado estadual Orlando Cidade contra o secretário estadual de Produção Rural, Eron Bezerra. Levando-se em conta o que diz o parlamentar, caso seja verdade, o trabalho feito pela Sepror no setor primário seria a maior enganação que já houve no Amazonas. Cidade garante que é falsa toda e quaquer informação dita pelo secretário sobre o aumento da produção agrícola no Amazonas. Um exemplo disso, segundo o deputado seria o anúncio feito por Eron de uma super producão de milho no município de Borba. “A produção de milho que ele (Eron) fala não dá nem pra fazer uma caneca de canjica”, satiriza o parlamentar. Será isso mesmo, gente?

Até avião?

O povo aqui do Radar gostaria de saber pra quê tanto incentivo fiscal se os empresários não reduzem os preços de seus serviços e produtos. Até empresa de transporte aéreo é incentivada pelo Governo e continua querendo ter margens de lucro sempre maiores. Isso teria sido constatado pelo presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da ALE, deputado Marcos Rotta (PMDB), ao comparar os preços das passagens de avião para o município de Parintins (Manaus-Parintins), o que o fez cobrar Azul/Trip uma revisão na política tarifária da companhia aérea.

“É um absurdo a questão da tarifa praticada em Parintins. As duas empresas que mantêm voos regulares para o município utilizam a mesma aeronave, o mesmo percurso, o mesmo destino e até a mesma tarifa. A diferença entre elas é que uma é incentivada e a outra não. Isso leva a crer que a Azul/Trip recebe benefícios do Estado e não repassa para o consumidor. Por isso, acredito que está na hora de a companhia beneficiada revisar a sua política tarifária, na qual o consumidor não seja apenado”, afirmou Rotta.

E pra não dizer que não falei das flores (e de sentimentos)…

Que hoje se festeje o amor. E que todos tenham um amor pra festejar. Ou se não têm, que o encontre. E que esse amor te acompanhe nos teus caminhos, e até nos descaminhos, que siga do teu lado, segure na tua mão e te dê forças pra enfrentar as lutas dessa vida. Que te faça dar valor as coisas mais simples como andar descalço na grama, observar estrelas, olhar a lua, reparar em jardins e flores, tomar banho de rio, dar um abraço…Coisas tão importantes, pra quem está apaixonado! E, se você ainda não encontrou esse amor, decida se apaixonar por você, amar a vida, amar a Deus e as pessoas, deixando o coração aberto e a alma tranquila para que seu grande amor possa lhe encontrar. Feliz Dia dos Namorados!