Anúncio Advertisement

Beneficiários do BPC podem ter benefício suspenso a partir de junho

O governo federal lançou novo cronograma para regularização de cadastrados no Benefício de Prestação Continuada (BPC). Em Manaus, os beneficiários que não possuam inscrição no Cadastro Único (CadÚnico), devem procurar os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h para realizar a regularização do cadastro. O registro é obrigatório e falta dele implica a suspensão do benefício, a partir de junho.

Para a realização do cadastro no CadÚnico são necessários os documentos do responsável e de todos que moram na residência: Carteira de Identidade, CPF, Título de Eleitor, Certidão de Casamento, Certidão de Nascimento, Carteira de Trabalho e comprovante de residência.

Vale ressaltar que o número de CPF de todos os membros familiares deve ser registrado no CadÚnico, para permitir a identificação do beneficiário e de sua família no momento da avaliação do benefício pelo INSS.

Em Manaus, a Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc) é órgão responsável pela administração do CadÚnico. Ao todo, 15 mil beneficiários entre idosos a partir de 65 anos, e pessoas com deficiência são esperados, nos postos de atendimento do órgão.

Cronograma

Os nascidos em janeiro estão sendo avisados durante todo o mês de abril, com bloqueio agendado para junho e suspensão em julho. Em seguida o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) enviará uma carta de notificação aos beneficiários conforme o cronograma determinado. O comunicado informa a pendência de inscrição no cadastro e quais medidas precisam ser tomadas para manter o benefício ativo.