Blitz flagra 37 motoristas dirigindo bêbados em seis dias na capital

Cerca de 37 motoristas foram flagrados dirigindo embriagados durante operações da Lei Seca, realizadas entre terça-feira (19) e o último domingo (24), em Manaus. Segundo o Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), mais de 500 condutores foram convidados a fazer o teste do bafômetro durante as operações, que foram realizadas em todas as zonas da cidade. Ao todo, 1.582 veículos foram fiscalizados no período.

De acordo com o órgão, 324 autos de infrações foram emitidos e 79 veículos foram removidos ao parqueamento do órgão, sendo 29 carros e 50 motocicletas.

Durante as abordagens, também foram recolhidas 37 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) e 74 Certificados de Registro de Licenciamento de Veículo (CRLV). No último sábado (23), uma pessoa foi presa por desacato, o condutor foi apresentado no 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP) na Ponta Negra, zona oeste da capital.

As ações foram realizadas por meio do Núcleo Especializado em Operações de Trânsito do Amazonas (Neot) e em parceria com a Polícia Civil e o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTran).

“Pagamento Itinerante”

Por meio do “Pagamento Itinerante” de débitos veiculares, 43 motoristas puderam evitar que seus veículos fossem removidos para o pátio do órgão. A modalidade permite que débitos em atraso de veículos referentes ao serviço de licenciamento sejam quitados ainda durante as operações de trânsito, com o uso de cartão de crédito ou débito.

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) estabelece que, caso o teste de bafômetro tenha resultado com valor acima de 0,33mg/l, o infrator responde criminalmente, também podendo ser preso em flagrante. A multa é estipulada no valor de R$ 2.934,70, além de recolhimento da CNH.

Com informações da assessoria do Detran-AM.