Boi Caprichoso celebrou os 107 anos com um lindo espetáculo

Foto: Daniel Brandão

O Boi Caprichoso comemorou 107 anos de fundação nesta terça-feira (20), com um espetáculo especial para a nação azul e branca, no palco do maior templo cultural do Estado, o Teatro Amazonas. Transmitido ao vivo pelo canal oficial do bumbá no YouTube e em Parintins pela TV, a apresentação teve mais de duas horas de duração e contou com a participação dos itens oficiais.

O espetáculo, que foi pensado como forma de presentear a nação azulada, obedeceu todos os protocolos de segurança sanitária orientados pelas autoridades de saúde, no combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

“Nós estamos muito felizes com a realização dessa grande live, que foi feita obedecendo todos os critérios necessários. Teria sido muito interessante se nós pudéssemos comemorar também Parintins, que é onde o Caprichoso nasceu, mas não foi possível em virtude do Decreto Municipal do Toque de Recolher, ainda vigente na ilha. Nós pensamos e nada melhor do que fazer no palco do Teatro dos Sonhos, o Teatro Amazonas, tão bem propagado nas nossas apresentações na arena do Bumbódromo”, pontuou o presidente do Caprichoso, Jender Lobato.

No início do show, o apresentador Edmundo Oran dedicou a live aos ídolos da nação azul e branca, Arlindo Júnior, que faleceu em dezembro de 2019; e Klinger Araújo, falecido no último dia 29 de setembro, vítima de complicações causadas pela Covid-19. Foram homenageados, ainda, os compositores Emerson Maia e Tereza Cristina, além de todos os torcedores que enfrentaram momentos difíceis devido à pandemia.

Foto: Daniel Brandão

Anúncios

No palco do Teatro Amazonas, Jender Lobato anunciou novidades para os torcedores. Entre elas, o retorno do técnico de som Alysson Low; do maestro Labamba e do artista Fabson Rodriguez.

Outra surpresa anunciada foi a contratação do cantor Patrick Araújo, natural de Juruti (PA), que passa a integrar o time de artistas do Caprichoso.

“É maravilhoso receber o carinho da família Caprichoso, estou super feliz com tudo. Foi uma honra participar desse momento maravilhoso de comemoração do aniversário do boi, que vai ficar marcado na história. Podem contar comigo para tudo, estou aqui para somar”, afirmou Patrick, que estreou cantando a toada “É Amor, Amor”, do repertório 2020.

O presidente do Caprichoso agradeceu ao Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, pelo apoio na realização do evento.

“Graças a Deus a gente conseguiu fazer, mais uma vez, um grande espetáculo no padrão Caprichoso, com uma audiência enorme de pessoas que acompanharam de todos os cantos do mundo. O Caprichoso tem um time unido, fortalecido, para que possamos fazer um grande festival em 2021, o maior festival de todos os tempos, onde o Caprichoso, se Deus quiser, será o grande campeão”, enfatizou.

*Com informações da assessoria