Bolsonaro elogia Josué Neto durante eventos públicos que participou em Manaus (ver vídeo)

O presidente Jair Messias Bolsonaro, em dois eventos públicos diferentes, um culto da Assembleia de Deus no Centro de Convenções Canaã e na I Feira de Sustentabilidade do Polo Industrial de Manaus, no Studio 5 Centro de Convenções, elogiou o presidente da Assembleia Legislativa de Manaus (Aleam), Josué Neto, por ter feito discurso no Parlamento apoiando sua iniciativa de revogar o Decreto 6.961 de 2009, liberando assim o plantio da cana de açúcar na Amazônia e no Pantanal, por exemplo.

O decreto 6.961 de 2009, foi assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e instituía o zoneamento para plantio da cana de açúcar e as operações de financiamento ao setor sucroalcooleiro. O plantio da cana de açúcar já ocupa atualmente no Brasil uma área correspondente ao Estado de Minas Gerais.

Bolsonaro defende o cultivo de cana em área de floresta alegando que isso vai gerar empregos. Ele elogiou o presidente do Poder Legislativo estadual por se coadunar com sua ideia de geração de empregos através desse tipo de plantio.