Bolsonaro vai a manifestação pró-governo em Brasília, acena, mas não discursa

O presidente Jair Bolsonaro acenou para apoiadores durante manifestação pró-governo em Brasília — Foto: Reprodução/Facebook

O presidente Jair Bolsonaro foi a uma manifestação neste domingo (1º) em Brasília organizada por apoiadores e simpatizantes de seu governo. Ele não discursou.

Os manifestantes estavam concentrados no gramado em frente ao Congresso Nacional, grande parte vestindo as cores verde e amarelo e carregando cartazes com frases de apoio ao presidente.

Houve também cartazes e falas em carros de som pedindo intervenção militar e fazendo ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF). Intervenção militar e ataques aos poderes são inconstitucionais.

Bolsonaro foi de carro até as proximidades do ato e depois percorreu um trecho a pé até se aproximar dos apoiadores. Depois andou em um corredor que se formou entre os manifestantes. Cumprimentou os apoiadores e acenou. Em seguida, foi embora. A participação do presidente durou cerca de 10 minutos.

Em determinado momento da caminhada, Bolsonaro deu uma declaração para uma pessoa que estava transmitindo o ato ao vivo na conta do Facebook do presidente. Bolsonaro disse que tinha ido cumprimentar os brasilienses pela manifestação.

“Cumprimentar o pessoal que está aqui numa manifestação pacífica em defesa da Constituição, da justiça e da liberdade”, afirmou.

Manifestações de 1º de Maio

O feriado de 1º de Maio, Dia do Trabalhador, motivou na capital federal manifestações tanto a favor de Bolsonaro quanto a favor de seu adversário nas eleições, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A alguns quilômetros de distância da manifestação pró-governo, um protesto a favor de Lula reuniu simpatizantes do petista e representantes de entidades de trabalhadores.